Sem comando: Após encontro com novo Secretário, Bavia e Pimentel pedem exoneração de seus cargos na GCM

Pimentel e Bavia se desligam do Comando da GCM após conversa com novo Secretário

A Guarda Municipal está sem comando. Nesta sexta-feira, dia 02, o comandante Sérgio Luiz Bavia e o subcomandante Weber Pimentel deixaram seus postos após reunião durante a tarde na Prefeitura Municipal.

O primeiro a anunciar foi Pimentel, que alegou problemas pessoais. Pouco tempo depois chegou a informação de que Bavia não respondia mais pelo comando da corporação após 7 anos.

Nesta quinta, dia 01, o Acontece Botucatu adiantou que ó Adjunto de Governo Marcelo Emílio estava assumindo a Secretaria de Segurança. Os rumores indicam que as saídas estariam ligadas ao novo chefe da pasta, mas nada foi colocado desta forma.

Pimentel alegou que razões extremamente pessoais o fizeram tomar tal atitude. Ele ainda afirmou que continuará trabalhando ‘junto às fileiras da GCM’, onde entrou há 12 anos. Bavia não se pronunciou.

Ambos participaram nos últimos anos da transformação da GCM de Botucatu, quando a mesma foi estruturada. Nos últimos meses conversas de bastidores apontavam desgate na relação de GCMs com o comando e a Secretaria.

O Acontece Botucatu entrou em contato com o futuro Secretário de Segurança, Marcelo Emílio. Ele confirmou o pedido de Bavia e Pimentel.

“Recebi ambos na Prefeitura hoje e para minha surpresa eles pediram exoneração de seus cargos de comando. Alegaram razões pessoais e eu respeitei” disse Emílio.

Em virtude dessas dispensas, a posse de Marcelo Emílio foi antecipada de quarta-feira, 07, para segunda-feira, dia 05. Os nomes para o novo Comando ainda não foram divulgados.