Bairros na região da Conde Serra Negra ficam sem água no primeiro dia de lockdown em Botucatu

Atualizado as 17h20 com a resposta da empresa

Botucatu enfrenta neste final de semana o seu primeiro lockdown, ou seja, praticamente toda a cidade parou na tentativa de combater a proliferação do Coronavírus. A orientação é para que todos fiquem em casa. Mas já imaginou ficar em casa, com a família, e não ter água?

Esse é o drama relatado por diversos internautas da região da Avenida Conde Serra Negra, principalmente o residencial Arlindo Durante e bairros vizinhos.

“Pedem para a gente ficar em casa, mas não tem água na torneira. Aqui no Residencial Arlindo Durante não temos água. Não fomos avisados sobre algum corte ou alguma obra que vai ser realizada, mas não temos água desde a manhã deste sábado. Eu já liguei e a Sabesp disse que para esse endereço não tem chamado de de obras”, disse ao Acontece Botucatu, a moradora Daiane Scorsatto.

O relato se repetiu por outros moradores do mesmo bairro e também do Parque Serra Negra, na mesma região.

O Acontece Botucatu entrou em contato com a assessoria de imprensa da Sabesp. Veja a resposta:

Equipes da Sabesp constataram baixa pressão na rede que abastece o sistema de reservação da Vila Mariana, em Botucatu, na manhã deste sábado (20). Para identificar o que está afetando o abastecimento, a Sabesp realiza vistorias na rede em busca de possíveis pontos de vazamentos não visíveis.

Os imóveis localizados em zona alta atendidos por esse sistema podem sofrer intermitência no abastecimento. É importante lembrar que os imóveis que possuem caixa-d’água com reserva mínima para 24h, como determina o decreto estadual 12.342/78, não devem sentir a intermitência.

A Sabesp pede desculpas pelos transtornos e orienta aos consumidores o uso consciente da água. A Companhia está à disposição pelos canais de atendimento ao cliente: pelo 0800 0550195 (ligações gratuitas), pela Agência Virtual no site www.sabesp.com.brou pelo aplicativo da Sabesp para Android e iOS.