Após vistoria, agência do INSS de Botucatu é liberada para realizar perícia

Unidade tem padrão sanitário exigido para retorno seguro, segundo associação dos peritos. Médicos devem se apresentar ao trabalho nesta terça-feira (22).

As agências do INSS de Bauru e Botucatu (SP) foram consideradas aptas a funcionar pela Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais, que vistoriou as unidades nesta segunda-feira (21).

De acordo com a associação, a vistoria serviu para constatar se as agências tinham o que a entidade considera o mínimo padrão sanitário exigido para retorno gradual e seguro para o atendimento presencial, após ficar fechada por causa da pandemia de coronavírus.

Com o resultado, os peritos destas agências devem se apresentar ao trabalho nesta terça-feira (21). As perícias médicas são necessárias para permitir que os trabalhadores recebam auxílio, retornem ao trabalho ou consigam a aposentadoria.

Nos últimos dias, muitos segurados ficaram sem o atendimento. Apesar do agendamento confirmado, as pessoas tinham que voltar para casa sem a perícia por falta dos peritos médicos. Os agendamentos podem ser feitos pelo aplicativo MEU INSS, no site do INSS ou pelo telefone 135.

Perícias prejudicadas

A situação é fruto da queda de braço entre os médicos e o Governo Federal. Para a associação dos peritos, faltam medidas de segurança para retomar os atendimentos na pandemia, mas para a Secretaria de Previdência, esses profissionais já deveriam estar trabalhando.

Em São Paulo, a Justiça Federal chegou a suspender a reabertura das agências em todo o estado, atendendo a um pedido do sindicado da categoria. Com isso, atendimentos que já tinham sido agendados foram cancelados.

Em Bauru, uma funcionária pública saiu de Agudos para fazer a perícia que estava agendada, mas encontrou a agência fechada no último dia 14. A unidade também registrou filas neste dia.

No dia 16, o INSS conseguiu derrubar a decisão judicial e o órgão anunciou a retomada parcial do atendimento presencial. No centro-oeste paulista, 14 agências reabriram, incluindo Bauru, Botucatu e Jaú.

Mesmo assim, as perícias ficaram prejudicadas. Na última semana, o INSS publicou uma convocação para que os médicos voltassem ao trabalho nas agências consideradas adequadas, sob pena de desconto na remuneração. No entanto, a associação de médicos afirmou que essa convocação seria ignorada.

Fonte: G1