Após ataques, comércio volta a funcionar normalmente, dentro das restrições do Plano São Paulo

Muitos comerciantes e comerciários ficaram receosos em retomar as atividades nesta sexta-feira, 31, por causa do terror vivido em Botucatu nas últimas horas. Mas a recomendação é para que todos retomem a vida normal, dentro das restrições estabelecidas pelo Plano São Paulo, para contenção da pandemia de coronavírus.

“Depois desse grave atentado em nossa Cidade, já podemos, com segurança, voltar a normalidade, respeitando o distanciamento social. Olhamos para tudo o que ocorreu e vemos que só o amor de Deus para nos proteger de forma tão grande. Gratidão especialmente a Deus e a pronta resposta dos valentes Policiais Militares, incluindo ROTA, GOE, GATE, CHOQUE, Cavalaria, Canil, Policiais Civis com integrantes da DIG, DEIC, Deinter, e também da Guarda Civil Municipal. Serviços públicos restabelecidos, indústrias e comércios podendo retomar as atividades, e nossa luta contra o coronavírus mais do que ativa. Como sempre digo: “Vamos Trabalhar”! Trabalhar para o desenvolvimento de Botucatu e para a proteção de cada botucatuense durante essa pandemia que também vai passar”, disse o prefeito Mário Pardini.

Botucatu se encontra na fase laranja do plano São Paulo, que prevê horário reduzido de funcionamento de shoppings centers 4 horas diárias neste atual cenário. O horário de atendimento do comércio e serviços também é o mesmo.

Sincomercio (entidade patronal) e Sincomerciários (entidade dos funcionários) optaram pelo período de 10h00 às 14h00 o funcionamento das lojas. No corredor da Dom Lúcio as lojas abrem das 13h00 às 17h00.

Já o Shopping Botucatu funciona da seguinte maneira: Praça de Alimentação – Delivery e Drive-Thru (externo) funcionam das 12 horas às 20 horas e, das demais lojas, das 16 horas às 20 horas. O atendimento presencial no Tenda Atacado acontece de segunda a sábado, das 7 horas às 22 horas e aos domingos e feriados, das 8 horas às 18 horas. Já a Lotérica Shopping Botucatu abre de segunda a sexta-feira, das 10 horas às 17 horas e, aos sábados, das 10 horas às 16 horas.

O que pode cada fase, segundo o Governo paulista?

A fase 3 (amarela) de flexibilização permite a reabertura parcial de atividades, como comércio de rua, shoppings, bares, restaurantes e similares e salões de beleza.

Na fase 2 (laranja) é permitida a abertura do comércio com restrições e limitação de horário e proíbe o funcionamento de restaurantes para o público, permitindo Drive-thru e Delivery.

Já na fase 1 (vermelha), a mais restritiva, apenas atividades essenciais, como supermercados e farmácias, podem funcionar.