André Godinho pede exoneração e deixa a Comunicação do Governo Pardini

Godinho assumiu em 2017 e ficaria apenas dois anos na Comunicação

André Godinho não será mais o Secretário Municipal de Comunicação a partir de 01 de junho. Como já era previsto, o jornalista pediu exoneração do cargo, condição aceita pelo Prefeito Mário Pardini.

Godinho comandava a pasta da Comunicação desde 2017 e era de conhecimento de todos que seu período na administração Mário Pardini seria de apenas dois anos. O profissional é concursado na TV Câmara de Bauru e estava de licença não remunerada, período que vence nesta sexta-feira, dia 31.

Nos bastidores comenta-se que essa será a baixa mais sentida no entorno do Gabinete de Mário Pardini. Logo que entrou, Godinho tornou-se uma espécie conselheiro do atual Prefeito, sendo figura de grande protagonismo nas decisões mais importantes da Administração Municipal.

Em contato com o Acontece Botucatu, Godinho confirmou seu pedido de exoneração. Ele aproveitou para agradecer a oportunidade que teve nestes dois anos.

“Foi uma missão com prazo determinado. Foram dois anos de muito trabalho em prol de uma cidade, de um governo, do qual tenho muito orgulho de fazer parte. Espero ter atendido às expectativas do prefeito Mário Pardini, que confiou em mim para que pudesse auxilia-lo em deixar uma Botucatu melhor do que quando assumiu o executivo. Agradeço a todos com quem tive a oportunidade de encontrar nesse período, principalmente a equipe da secretaria de comunicação”, disse Godinho.

Procurado pela reportagem do Acontece Botucatu, o Prefeito Mário Pardini não poupou elogios ao Jornalista a quem chamou de exemplo de profissional e amigo fiel. Pardini ressaltou a importância de Godinho em seu governo.

“Ele entrou com uma estatura e está saindo com outra. O André (Godinho) entrou como Secretário de Comunicação, ou seja, para se relacionar com a imprensa, mostrando e noticiando a evolução do governo, como qualquer outro Secretário de Comunicação, mas ele não parou por aí.  Em função de sua dedicação, compromisso com o município, capacidade e disponibilidade em atender a cidade, ele foi ganhando cada vez mais espaço”, disse Pardini, que reforçou a tese do protagonismo do jornalista.

“Ele passou a participar das grandes decisões do nosso Governo e aqui não estou fazendo comparações, mas ele se tornou uma figura muito importante na cidade, me acompanhando em muitas viagens, como idas até Brasília. Pouca gente sabe, mas na conquista do Cachoeirinha, por exemplo, o André teve uma participação fundamental nessa conquista. Então eu já tinha muito respeito pelo André e nossa relação ultrapassou o limite profissional e ele passou ser um dos grandes amigos que tenho na vida”, concluiu Pardini.

É certo que a Comunicação perderá o status de Secretaria com a saída de Godinho. Segundo apurou o Acontece Botucatu, está em curso uma nova estruturação de Governo.

No último mês o advogado Junior Cury pediu exoneração do cargo de Secretário de Negócios Jurídicos, o que obrigou o executivo a repensar em uma reestruturação de Governo. Neste caso, a Secretaria Jurídica deixa de existir, fortalecendo o papel da Procuradoria do Município.