Alargamento da Rua Emílio Cani tem início para construção de nova rotatória na entrada da cidade

Quem chega à Botucatu pela rodovia João Hypólito Martins (Castelinho) comprova a necessidade de melhorar a distribuição do fluxo de veículos que hoje é bastante confuso na região. A solução definitiva para o problema começa a ser viabilizada pela Prefeitura com a preparação do local para construção de uma rotatória na confluência da Avenida José Pedretti Netto com a Rua Emílio Cani, nas proximidades do recinto JVC Eventos.

Além de oferecer mais segurança e conforto aos motoristas e pedestres que circulam pela região, a obra disciplinará o trânsito e o acesso para bairros em expansão como a Vila Assumpção, Cecap e Vila São Benedito. O projeto também prestará homenagem a um dos maiores nomes da arquitetura brasileira: o arquiteto urbanista botucatuense Oswaldo Bratke. O chamado “Memorial Oswaldo Bratke”, que será erguido no local, leva a assinatura de Carlos Bratke (filho de Oswaldo) e incluiu a construção de um pórtico com estrutura metálica em aço, além de chafariz e espelho d´água.

A execução das obras foi viabilizada com recursos obtidos junto a três deputados federais – Otoniel Lima (PRB), Mara Gabrilli (PSDB) e Eli Correa Filho (DEM) – que somam pouco mais de  R$ 735 mil – além de R$ 60 mil dos cofres da Prefeitura. A empresa Ricardo Tortorella, vencedora do processo licitatório, ficará responsável pela execução da obra. O prazo firmado em contrato para conclusão dos serviços é de 120 dias.

O projeto contempla o alargamento da Rua Emílio Cani, que passará dos atuais 8 metros para 12 metros de largura, modernizando o acesso a equipamentos importantes como a Incubadora de Empresas, a UNITE (Universidade do Trabalhador e do Empreendedor), ao futuro Hospital da Unimed e ao Supermercado Confiança, que se encontra em fase final de construção. A nova rotatória também contribuirá para o acesso mais rápido e seguro ao Pronto Socorro Municipal, na Rua Joaquim Lyra Brandão.

No quarteirão entre a Rua Costa Leite e a Avenida Pedretti Neto já foi iniciada a construção de guias. Operários trabalham no local para a retirada de material que permita o avanço dos serviços para alargamento da rua, que se estenderá até o quarteirão do Hospital Unimed. Se as condições climáticas forem favoráveis, a previsão é que essa etapa seja concluída no prazo de 30 dias.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura, assim que forem iniciadas as obra da rotatória, em determinados momentos serão necessárias interdições parciais na Avenida Pedretti Neto. O  planejamento está sendo feito de modo a causar o menor transtorno possível aos motoristas que circulam pelo local.

Fonte: Prefeitura de Botucatu