Unidade do Correios em Rubião Junior será fechada; estatal confirmou ao Acontece

Cidade
Unidade do Correios em Rubião Junior será fechada; estatal confirmou ao Acontece 14 março 2017

 

A direção do Correios anunciou esta semana que vai fechar aproximadamente 250 agências em diversas cidades com mais de 50 mil habitantes em todas as regiões do País. A estratégia de fundir agências faz parte de um plano de economia que está sendo implementado pela direção da estatal para contornar a crise. A companhia acumula quatro anos seguidos de prejuízo.

No âmbito da Diretoria Regional dos Correios São Paulo Interior, que abrange o interior do Estado de São Paulo, são 13 agências próprias dos Correios que terão suas atividades encerradas. E Botucatu não passou ilesa do corte da estatal.

O Acontece Botucatu entrou em contato com a assessoria de imprensa da estatal, que confirmou o fechamento do posto de Rubião Junior, situado na Avenida Bento Lopes. As demais agências ou unidades em Botucatu serão mantidas. Outras unidades do interior paulista são citadas no fechamento.

“Essas unidades estão nas cidades de Bauru (AC Mary Dota e AC Tibiriçá), Botucatu (AC Rubião Júnior), Campinas (AC Campinas Shopping e AC Padre Anchieta), Guaratinguetá (AC Escola Especialista da Aeronáutica), Jundiaí (AC Serra do Japi), Pindamonhangaba (AC Moreira César), Ribeirão Preto (AC Novo Shopping Center), São José dos Campos (AC Centro Técnico Aeroespacial), Sorocaba (AC Independências e AC Vila Helena-Casa do Cidadão) e Votuporanga (AC Pozzobon)”, disse a assessoria do Correios ao responder a demanda do Acontece Botucatu.

No site dos Correios, os clientes poderão consultar qual agência ficará responsável pelo atendimento na região. Endereço: http://www2.correios.com.br/sistemas/agencias/

“Cabe esclarecer que, independentemente das medidas que serão adotadas, nenhum município ficará sem atendimento postal”, completou a assessoria da estatal.

Ampliar franquias

Atualmente, o Correios conta com 6.511 agências próprias. A estratégia da empresa será ampliar a rede de agências franqueadas, pouco mais de mil hoje. O presidente do Correios, Guilherme Campos, disse ao jornal Estado de São Paulo que planeja criar a figura de microempreendedor postal, uma pequena empresa que assumiria os serviços postais em localidades menores.

Segundo reportagem do site da revista Exame, com o fechamento de agências próprias, o Correios economiza nos custos de manutenção ou aluguel dos imóveis e no enxugamento do quadro de funcionários. As agências franqueadas são selecionadas por meio de uma oferta pública e remuneradas com um porcentual das receitas dos serviços.

Atualmente, oferecem quase todos os serviços postais das agências próprias, mas não atuam como correspondentes bancários. Há negociações para que os franqueados possam também oferecer serviços financeiros por meio do Banco Postal.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO