Abastecimento em Botucatu volta aos poucos à normalidade

Postos e Supermercados voltam a receber seus produtos

O abastecimento aos poucos vai voltando ao normal em Botucatu após mais de 10 dias de greve dos caminhoneiros em todo o país. Segundo alguns proprietários de postos de combustíveis, os caminhões já chegam sem dificuldades em Botucatu por conta da dispersão de muitos pontos de manifestações, embora que em quantidades menores anda.

Durante toda essa semana os carregamentos eram escassos e os poucos caminhões com destino a Botucatu chegavam com escolta, sempre com quantidade limitada, o que ocasionava longas filas. A gasolina foi o item que mais esteve em falta.

Caminhões já chegam com mais frequência em Botucatu (Acontece Botucatu)

Mesmo com uma relativa tranquilidade para se abastecer em comparação aos últimos dias, alguns postos fecharam mais cedo na quarta-feira, dia 30, esperando novos comboios. Nesta quinta-feira mais caminhões devem chegar em Botucatu, de várias bandeiras.

Proprietários de postos dizem que ainda há restrições nas bases de distribuição, mas tudo voltará aos antigos patamares em 3 ou 4 dias. O mesmo se aplica em postos da região.

Em Botucatu, de acordo com reportagem do Portal G1, as distribuidoras de botijão de gás enfrentam a falta do gás G. Em uma delas, que estava oferecendo o botijão para ser retirado a R$ 49,99, uma fila enorme se formou na quarta-feira.

Empresas como Caio e Induscar anunciaram suspensão das atividades de produção para os próximos dias, voltando a normalidade na próxima semana. Faculdades como ITE e Fatec dispensaram seus alunos nesta semana.

É bom salientar que os serviços básicos em Botucatu não sofrerem com o desabastecimento. No domingo, dia 27, o Prefeito de Botucatu, Mário Pardini, que já havia decretado estado de emergência no município, anunciou uma força tarefa para a chegada do combustível com escolta da Polícia Militar. Desta forma, viaturas da GCM, PM, SAMU, Ambulâncias e Transporte Coletivo não pararam.

Supermercados

Supermercados voltam à normalidade aos poucos (Acontece Botucatu)

Os supermercados de Botucatu não chegaram a registrar momentos dramáticos de desabastecimentos, mas era visível nas prateleiras a falta de alguns produtos. As partes que concentram hortifrúti ainda são as mais prejudicadas.

Um indicativo de que a situação está voltando aos poucos ao seu estágio de normalidade foi a decisão da Rede Jaú Serve de abrir as portas neste feriado de Corpus Christi. A rede havia anunciado anteriormente que não funcionaria nesta data, mas voltou atrás ao dizer que a situação de transporte de seus produtos estava melhor. O mesmo se aplica ao Confiança que estava conseguindo repor seus produtos, apesar da falta de algumas marcas e itens.

Protesto de caminhoneiros 

Os caminhoneiros de Botucatu e região anunciaram uma manifestação em Botucatu nesta quinta-feira, dia 31, feriado de Corpus Christi. Segundo anunciado na noite desta quarta-feira, 29, a concentração será a partir das 15 horas na Catedral.

De lá eles devem sair em comboio pelas ruas da cidade e também rodovias, como ocorreu no último sábado, dia 25. A manifestação deve contar com o apoio de motociclistas, motoristas de vans, ônibus, micro-ônibus e apoiadores em geral.

Foto Cesar Culiche