Veterinário faz curso para atuar na Saúde Pública

Estão abertas as inscrições para o 1º Curso de Planejamento para Atuação do Médico Veterinário na Saúde Pública – NASF que acontece de 07 a 11 de outubro, na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp, câmpus de Botucatu.

Voltado para profissionais, o curso oferece 50 vagas. Sua programação totaliza 48 horas de atividades, incluindo aulas teóricas e práticas para aprendizado das principais ferramentas de planejamento de saúde de maneira integrada, diferenciada e de forma humanista, no âmbito do Núcleo de Apoio ? Saúde da Família – NASF , com as Equipes de Saúde da Família e as Equipes de Atenção Básica ? Saúde/SUS.

Dentre os temas abordados no evento estão “Ética e legislação na saúde pública”, “Territorialização e mapeamento para planejamento de saúde”, “Pareceres técnicos e saúde pública veterinária”, “Importância das caracterizações qualitativa e quantitativa na população”, “Estratégias de comunicação para sensibilização e apoio”.

Os palestrantes são especialistas vinculados ao Conselho Regional de Medicina Veterinária, ? Prefeitura Municipal de Botucatu, ? Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), ao Instituto de Capacitação Profissional (ICP) e a três unidade da Unesp em Botucatu: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Faculdade de Medicina e Instituto de Biociências.

O curso acontece no contexto da publicação da Portaria 2488 de 21/10/11, que aprova a Política Nacional de Atenção Básica para o SUS e inclui o médico veterinário no NASF. Dentre as várias atuações possíveis para os médicos veterinários, destaca-se o desenvolvimento de projetos de saúde com foco nas enfermidades transmitidas, direta e indiretamente, dos animais para os seres humanos.

Paradoxalmente, uma pesquisa de opinião publicada pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária, em 2012, (Rev. CFMV NO 57), mostra que, no Brasil, 33% dos médicos veterinários entrevistados afirmaram não conhecer o NASF, que se encontra inserido no SUS, e que 62% gostariam de aprofundar seus conhecimentos de atuação neste programa.

Nesse sentido, a experiência acumulada pela disciplina de Planejamento de Saúde Animal e Saúde Pública, do Departamento de Higiene Veterinária e Saúde Pública, da FMVZ / UNESP Botucatu, ao longo de mais de 30 anos de atividades extensionistas, possibilitou a elaboração de um modelo de Planejamento de Saúde próprio, com roteiros de ações apropriados, métodos determinados e objetivos definidos, com efetivo controle e domínio desses procedimentos.

O curso é uma realização da disciplina de Planejamento de Saúde Animal e Saúde Pública, que tem como coordenador e vice, respectivamente, os professores José Rafael Modolo e Cassiano Victória.