Tudo pronto para inauguração da Escola Modelo da Embraer

A solenidade de inauguração do Colégio Embraer a ser realizada na próxima segunda-feira (4), a partir das 10 horas, no pátio do colégio, em Botucatu, devera receber autoridades de diferentes cidades da região e do presidente da Embraer, Frederico Fleury Curado (foto)e outros executivos da Embraer e dirigentes do Instituto Embraer de Educação e Pesquisa. Colégio beneficiará alunos egressos da rede pública de Ensino Fundamental de Botucatu e outras cidades da região, como Anhembi, Areiópolis, Bofete, Itatinga, Pardinho, Pratânia e São Manuel.

“Desde 2004, executamos diversos projetos com foco em educação na região”, afirmou Pedro Ferraz, diretor superintendente do Instituto Embraer. “Hoje, damos mais um grande passo com o lançamento da segunda unidade do nosso bem-sucedido Colégio Embraer, ampliando significativamente as ações sociais da Empresa nas comunidades onde atua.”

O Colégio Embraer é uma escola modelo focada na excelência acadêmica que é voltada exclusivamente para alunos vindos da rede pública de ensino (estadual e/ou municipal). Os alunos selecionados recebem bolsa integral de estudos, uniformes, materiais didáticos, alimentação na escola e transporte. As aulas são ministradas em período integral, de segunda a sexta-feira.

Com um investimento de cerca de R$ 5 milhões, o colégio terá capacidade para 360 alunos e será localizado ao lado da Unidade Embraer Botucatu e leva o nome de Casimiro Montenegro Filho, em homenagem a um dos idealizadores do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA).

A nova escola funcionará nos mesmos moldes do Colégio Embraer – Juarez Wanderley, em São José dos Campos, que já formou 1.600 alunos desde sua criação em 2002. Integralmente mantido pelo Instituto Embraer, o colégio é um dos cinco melhores do Estado de São Paulo, segundo o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2010. Seus alunos têm conquistado 100% de aprovação nos vestibulares, sendo mais de 80% nas universidades públicas.

O novo Colégio terá o mesmo projeto pedagógico e de gestão, com salas de aula, biblioteca e modernos laboratórios. A jornada escolar diária será de 10 horas e todos os alunos receberão, gratuitamente, alimentação no local, uniforme, transporte e material didático.

{n}Embraer em Botucatu {/n}

A Embraer atua em Botucatu desde 1980, quando incorporou as atividades da Indústria Aeronáutica Neiva. A unidade conta atualmente com cerca de 1.800 empregados e é responsável pela produção, comercialização e suporte do avião agrícola Ipanema, fabricação de peças e estruturas para jatos comerciais e executivos, e montagem da estrutura da fuselagem do Super Tucano, avião de treinamento avançado e ataque leve.

O Instituto Embraer de Educação e Pesquisa, desde a sua criação, em 2001, direciona suas ações para iniciativas que contribuam para o processo de inclusão social através da educação. A atuação do Instituto Embraer se dá, predominantemente, em duas áreas: projetos educacionais oferecidos a alunos da rede pública e projetos de melhoria do processo de gestão, voltados para organizações da sociedade civil, ONG e escolas da rede pública.