Sesc Bauru visita Botucatu em busca de novo roteiro de turismo

A equipe da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Turismo recebeu no dia 4 deste mês a visita de Rogério Colonhese e Selma Galhardo, representantes do Serviço Social do Comércio (SESC) Bauru. A ação teve como objetivo  conhecer Botucatu para que a cidade possa ser inserida no roteiro do cronograma de turismo do SESC.

“O intuito do SESC é aproximar as pessoas ao conhecimento, obtendo cultura e vivências rurais, de ecoturismo e turismo de aventura”, disse Rogério, que soube mais a respeito do trabalho que Botucatu vem fazendo em uma feira de turismo internacional chamada Adventure Sports fair.

“Estava na feira e fui até o estande onde Botucatu se apresentava. Gostei do material e das informações que me foram fornecidas. O programa Botucatu Terra da Aventura é muito atrativo”, complementa.

Luciana Alho, assessora do Departamento de Turismo da Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo e Augusto Cesar Técchio, da agência Ecocuesta, acompanharam  a visita aos seguintes pontos: Museu do Café, Cevap, Trilha do Vale das Borboletas, Rampa de Voo Livre na Base da Nuvem, Estância Jacutinga e Demétria.

Todos estes pontos turísticos foram fotografados e registrados, passarão pela análise do SESC e no caso de aceitação, Botucatu passará a receber ônibus de turistas de Bauru e de outros SESCS do Estado de São Paulo ao longo do ano.

Segundo o Secretário Antonio Carlos Pereira, isso demonstra que Botucatu está despontando no interior do Estado no setor de turismo, visto a credibilidade e nível de qualidade exigido pelo SESC.

“É importante que a população saiba que o turismo vem a ser uma veia econômica para a Cidade, de forma organizada e sustentável, a atividade de turismo pode ser uma grande fonte de renda aos munícipes”, reforçou Pereira.                                

Turismo para todos

As atividades de turismo social desenvolvidas pelo Sesc em São Paulo iniciaram-se em 1948, com a inauguração do centro de férias Sesc Bertioga, localizado no litoral norte do estado de São Paulo.

Teatro, música, dança, artes visuais, cinema e vídeo, inclusão digital, literatura, recreação, esportes, expressão corporal, assistência odontológica, segurança alimentar, desenvolvimento infanto-juvenil, ação comunitária, educação ambiental, trabalho social com idosos e turismo social são algumas das áreas nas quais o Sesc São Paulo desenvolve programas e atividades.

Estas atividades e programas são desenvolvidos em uma rede física de 30 unidades, caracterizadas como centros culturais e desportivos, centro de hospedagem e centros especializados, localizados na capital e no interior do Estado.

(Ass. De Imprensa da Prefeitura)