SENAI busca qualificação para abastecer o mercado

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria, a CNI, cerca de 1,1 milhões de empregos serão criados para profissionais de nível técnico nos próximos três anos. Para ocuparem essas vagas criadas pela indústria, as escolas técnicas precisarão qualificar 6,1 milhões de trabalhadores para que eles possam acompanhar os avanços tecnológicos.

É aí que entra o Serviço de Aprendizagem Industrial (SENAI), instituição de qualificação profissional que está presente no Brasil desde 1942. Em Botucatu, a escola SENAI Luiz Massa oferece cursos de qualificação profissional há 20 anos.

Atualmente, a escola oferece aproximadamente 5000 matrículas por ano nas mais variadas linhas industriais. Os cursos oferecidos são nas áreas de confecção, soldagem, usinagem mecânica, elétrica, eletroeletrônica, automação industrial, desenho assistido por computador, chapeamento aeronáutico, construtor de carrocerias de ônibus, programação de CNC, entre outros.

Segundo o professor Milani, diretor do SENAI de Botucatu, “o SENAI desenvolve a educação profissional de ponta, para oferecer ? s indústrias pessoas qualificadas que atendam a demanda do mercado atual. A missão do SENAI é promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. É para isso que o SENAI se faz presente”.

O SENAI de Botucatu está com as inscrições abertas até o dia 23 de novembro para os cursos gratuitos nas habilitações de técnico em fabricação mecânica e técnico em eletroeletrônica. Os cursos têm duração de dois anos, são desenvolvidos nos períodos da manhã ou da tarde para pessoas que estão cursando ou que concluíram o ensino médio.

Para se inscrever, os interessados devem procurar a escola na Praça Rotary Club, 90, Jardim Reflorenda – Botucatu. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3811 3600.