Senac incentiva formação de “profissionais verdes”

O setor industrial deve buscar formas de diminuir a degradação ambiental para não sofrer queda na produtividade. É o que indica o relatório Rumo ao Desenvolvimento Sustentável: Oportunidades de Trabalho Decente e Inclusão Social em uma Economia Verde, divulgado pela Iniciativa Empregos Verdes. De acordo com o documento, se conservada no mesmo ritmo, estimativas sugerem que em 2030 e 2050 os níveis de produção serão respectivamente 2,4% e 7,2% mais baixos dos que os de hoje.

A Iniciativa Empregos Verdes reuniu especialistas do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), da Organização Internacional do Trabalho (OIT), da Organização Internacional de Empregadores (OIE) e da Confederação Sindical Internacional (CSI) para avaliação do modelo de desenvolvimento atual.

“Mantidas as atuais tendências, os desperdícios dos padrões de produção e consumo vigentes continuarão a provocar degradação do solo, desmatamento, pesca predatória e mudanças climáticas, que resultarão numa crescente escassez de água e na escalada de preço dos alimentos, da energia e de outras commodities”, alerta o relatório.

O texto afirma que com uma economia mais verde também é possível elevar o nível de empregos nas próximas duas décadas. “A maioria dos estudos aponta para ganhos da ordem de 0,5% a 2%, que significam de 15 a 60 milhões de empregos adicionais no mundo todo”.

Para controlar os impactos ambientais, segundo Wesley Vieira Filho, docente da área no Senac Botucatu, as indústrias devem investir em profissionais capacitados para acompanhar e implementar programas de identificação, controle, prevenção, mitigação e eliminação de potenciais danos.

“O técnico em meio ambiente tem essas funções. Ele auxilia empresas a se adequarem ? s legislações e normas internacionais de qualidade ambiental, tornando a empresa ambientalmente legal e competitiva no mercado”, afirma.

A programação, com duração de 1.200 horas, forma profissionais para participar de atividades de gestão, conservação e educação, bem como de processos produtivos, com visão integrada e domínio de técnicas e de tecnologias que contribuem para o aprimoramento da qualidade ambiental.

Para capacitar as pessoas interessadas na área, o Senac Botucatu está com inscrições abertas para o curso Técnico em Meio Ambiente. As aulas começam no dia 21 de outubro, das 19h30 ? s 22h30. Esse curso está contemplado pela Política Senac de Concessão de Bolsas de Estudo para atender pessoas com renda familiar per capita de até dois salários mínimos federais, entre outros requisitos Mais informações no site www.sp.senac.br/botucatu ou pelo telefone (14) 3112-1160.