Senac forma profissionais com mais de 40 anos

Ter formação profissional não é apenas o sonho de jovens que finalizam o ensino médio. Com o aumento de oportunidades de capacitação gratuita, muitas pessoas com mais de 40 anos podem resgatar o desejo da juventude e retornar ? s salas de aulas para conquistar um diploma.

Dirce Batista da Silva Guimarães, de 47 anos, faz parte desse grupo. Desde criança ela sonhava em atuar na área da saúde. “Achava lindo as pessoas que trabalhavam de branco. Essa era a minha vontade também. Além de vestir a cor, sempre me interessei em ajudar as pessoas”, conta.

Entretanto, com uma família grande, composta por nove irmãos, e pela situação financeira instável, ela precisou abdicar da formação profissional para ajudar em casa.
Os anos se passaram e vieram outras responsabilidades. “Me casei e fui trabalhar em uma fábrica de costura. Depois vieram meus filhos, que são três. Era do trabalho para casa e de casa para o trabalho. As horas vagas serviam para cuidar dos filhos”, conta.

Ela ainda almejava o emprego na área da saúde, mas o orçamento apertado deixava a realidade distante de ser concretizada. “Veio a crise mundial e a empresa em que eu trabalhava, que era exportadora, começou a passar por dificuldades financeiras e demitiu vários funcionários, inclusive eu”, afirma. Apenas com o conhecimento básico na área de costura, Dirce teve dificuldades em encontrar outro emprego. Ela resolveu procurar cursos de capacitação para voltar ao mercado.

Por meio da Política Senac de Concessão de Bolsas de Estudo, que oferece oportunidades de capacitação gratuitas para pessoas com renda familiar per capita de até dois salários-mínimos federais (R$ 1.356), Dirce pôde realizar o sonho de menina.
Ela conseguiu uma bolsa no curso Técnico em Farmácia do Senac Botucatu. “Finalmente pude fazer o curso na área da saúde que eu tanto desejava. Confesso que não foi fácil, mas com a ajuda dos docentes consegui”, afirma.

O curso Técnico em Farmácia, com duração de 1.200 horas, ensina sobre ambientação profissional, atendimento, políticas de promoção ? saúde, processos básicos na preparação de medicamentos e cosméticos, gestão empreendedora e marketing de vendas. “Me dediquei em todas as aulas. Aprendi a identificar os tipos de medicamentos e posologias. Também fiz estágio na área dos manipulados. Gostei muito. Por fim, é essa profissão que eu quero seguir”, conta.

Com o novo aprendizado, Dirce poderá atuar em farmácias de manipulação, homeopáticas e hospitalares, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), distribuidoras e indústrias de medicamentos e cosméticos. Segundo Diogo Teixeira, gerente do Senac Botucatu, ampliar o acesso ? educação profissional de qualidade é uma das diretrizes da instituição. “Nosso objetivo é promover o desenvolvimento profissional e pessoal dos alunos, os preparando para o mercado de trabalho”, afirma o gerente.

Em 2013, o Senac Botucatu ofereceu 450 bolsas de estudo em cursos técnicos, com 1.200 horas, e capacitações de curta duração, com duração de até 160 horas. Para 2014, estão previstas 550 vagas gratuitas. Para mais informações sobre a Política Senac de Concessão de Bolsas de Estudo, acesse o site www.sp.senac.br/bolsasdeestudo.