Semana do Meio Ambiente termina com vários eventos

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, promoveu esta semana atividades relacionadas à Semana do Meio Ambiente.  As atividades foram encerradas neste sábado (7), na Praça Emílio Pedutti (Bosque). Todos os eventos foram gratuitos.

Foi montada uma tenda com a participação do Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos (Cevap) e Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (Cempas) da Unesp, ONGs como SOS Cuesta, Associação de Proteção aos Animais (APA) e projeto Óleo Fora D’água, equipe da Vigilância Ambiental em Saúde (VAS), entre outros. Apresentações de teatro e música, oficinas, atividades lúdicas também fizeram parte das atividades.

As ações tiveram início na quinta-feira (5), Dia Mundial do Meio Ambiente. Na oportunidade foi realizado no auditório da Unimed o CD “EnCantos da Mata” e da cartilha “Expedições: Escola do Meio Ambiente Natureza Verde e Amarela”. Na mesma data foi promovido o plantio de três quaresmeiras em frente à Unit 2 (Vila São Benedito), com participação da primeira dama do Estado, Lu Alckmin.

 

Referência

Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1972 marcando a abertura da Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano. Celebrado anualmente desde então no dia 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente catalisa a atenção e ação política de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental.

Na avaliação do secretário municipal de Meio Ambiente, Perseu Mariani, a população de Botucatu, além de comemorar a data, deve se orgulhar do patamar alcançado pela Cidade nesta área.

“Em 2012 fomos campeões do programa Município Verde Azul e somos a única cidade que se manteve entre as dez primeiras do ranking em 2013. Isso de deve muito ao fato de Botucatu ter 12% de seu território ocupado por áreas verdes, o que na grande maioria dos municípios do Estado este índice está entre 3 e 4%. Sem contar as ações de educação ambiental permanentes que mantemos junto à comunidade”, valoriza.

“O Cooperativa de Reciclagens está operando. Em breve iniciaremos no Parque Municipal as obras do Poupatempo Ambiental e do Centro Receptivo. Temos convênio assinado de R$ 1,6 milhão para reforma do Parque Natural da Cachoeira da Marta. Além disso, temos a meta de plantar 28 mil mudas de árvores até o fim deste ano”, completa Mariani.