Secretaria do Meio Ambiente lança programa “Coleta Mais”

A Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com a Secretaria de Educação, lançou em Botucatu oficialmente na manhã desta terça-feira (9) o programa de coleta seletiva escolar batizado de “Coleta Mais”. O evento aconteceu nas dependências do CIEEJA, na Vila dos Lavradores, uma das cinco unidades escolares que serão trabalhadas na ação piloto.

As outras são Elda Moscogliato (antiga Cesp – região Sul), Leonor Bicudo Vizenzzoto (Jardim Cambuí – região Norte), Creche Criança Feliz / Projeto Crescer (Jardim Peabiru – região Leste), e Francisco Guedelha (Parque Marajoara – região Oeste).

Estiveram presentes no lançamento, o prefeito municipal João Cury Neto; o secretário de Meio Ambiente, Perseu Mariani; a secretária de Educação, Alessandra Lucchesi de Oliveira; a representante da empresa Monte Azul, Patrícia Telles; além de secretários municipais e outras autoridades de Botucatu.

Um grupo de agentes capacitados (alunos e comunidade escolar), ao lado de monitores da Escola do Meio Ambiente (EMA), promoverá atividades de conscientização sobre a importância da separação dos lixos orgânico e reciclável. A intenção é que os envolvidos sejam multiplicadores da iniciativa que busca fortalecer a política dos cinco “R”: repensar, reduzir, recusar, reutilizar, e reciclar.

A secretaria de Educação Alessandra Lucchesi, destacou a importância de iniciar o programa nas escolas do Município. “É importante esse conscientizar nossos alunos. O programa visa fortalecer as direcionais do combate ao lixo ambiental.” resumiu.

“O programa Coleta Mais não é apenas uma ação de coleta seletiva. É muito mais. Queremos trabalhar um grande processo de educação ambiental junto aos nossos alunos,” descreveu o Secretario Municipal de Meio Ambiente, Perseu Mariani.

O Coleta Mais também vem de encontro ao novo Sistema de Limpeza Urbana que está em fase de reorganização e prevê a ampliação da coleta seletiva para 100% da Cidade. Importante salientar que as escolas não serão pontos de entrega voluntária abertos à comunidade, mas semanalmente caminhões da Botucatu Ambiental (consórcio responsável pelo serviço) farão o recolhimento do lixo produzido nelas. Cada escola terá contêineres e lixeiras para receber de forma apropriada cada tipo de lixo produzido no local.

O prefeito João Cury Neto decretou o período de um ano para que toda a Cidade receba cobertura do Coleta Seletiva, e salientou a importância do programa nas escolas. “Começaremos com as escolas, no programa Coleta Mais, conscientizando e sensibilizando os jovens e envolvidos, para a importância da separação de material”.