Sabesp e Educação se unem ao uso racional da água

Cerca de 80 educadores, entre gestores e coordenadores das escolas municipais da rede municipal de Ensino, participaram de uma reunião na sala de teleconferência da Secretaria Municipal de Educação, com representantes da Sabesp de Botucatu. Motivo do encontro foi transmitir para os educadores, que servirão como multiplicadores em suas escolas para os alunos e familiares, a necessidade da conscientização da economia da água no Município.

Gerson Solano, educador ambiental, e Angélica Galvani, assessora de imprensa da Sabesp, por cerca de duas horas, fizeram uma explanação da situação em que se encontra os reservatórios que servem a Cidade e a necessidade de se economizar água.

Solano indicou que a situação está sob controle, mas inspira atenção. “Esta conscientização é feita através de dicas simples de economia de água dentro de casa, mas que podem fazer toda a diferença. O que é mesmo necessário é a mudança de postura da população, de perceber que a água é um bem comum a ser compartilhado”, explica.

Para a Secretaria de Educação os representantes da Sabesp trazem uma intenção de ação social transformadora em massa, que são os alunos, gestores, coordenadores e professores, que são multiplicadores dessa conscientização de economizar e saber usar a água sem desperdício. Ao final da reunião, todos os gestores receberam folders explicativos com as dicas de como utilizar a água sem desperdiçar, que deverão ser entregues a todos os alunos.