Prefeito assina doação de área para nova escola

Na manhã desta terça-feira (22), o prefeito João Cury Neto assinou o projeto que será encaminhado ? Câmara Municipal com a finalidade de oficializar a desafetação de uma área de 7.676,81 metros quadrados que será doada ao Governo do Estado para a construção de mais uma escola em Botucatu. O terreno está localizado no Parque Residencial Maria Luíza I, ? s margens da rodovia Gastão Dal Farra, onde a Prefeitura viabilizou a construção de 817 unidades habitacionais.

Bastante satisfeito, o prefeito comemora o fato de um bairro como o Maria Luíza, já nascer com um equipamento público tão importante. “Esse é um novo conceito que implantamos em nosso governo. A criação de novos bairros já contando com equipamentos públicos que trazem mais comodidade e conforto ? s pessoas e humanizam o local onde elas vão viver. Assim também fizemos com o Santa Maria, onde construímos 407 casas. Lá já está em funcionamento o posto de saúde e agora iniciamos a construção de uma creche. Nosso esforço é para que o aluno garanta vaga o mais próximo de sua residência”, comenta Cury.

Em fevereiro deste ano, durante audiência com o secretário estadual da Educação, Herman Jacobus Cornelis Voorwald, o prefeito João Cury e o dirigente regional de ensino, Valdir Paixão, garantiram a construção de mais três unidades escolares em Botucatu. Além do Residencial Maria Luíza, os outros bairros contemplados são Comerciários III e Rubião Júnior. O Estado ainda faz a análise final da proposta apresentada para construção de uma quarta escola no Jardim Itamaraty.

Todas as unidades oferecerão ensino fundamental II e ensino médio. Pelo acordo, a Prefeitura fará a doação e a limpeza dos terrenos e conduzirá os processos licitatórios. O Governo do Estado ficará responsável pelo repasse dos recursos para a construção dos novos prédios.

“Ao lado do prefeito João Cury projetamos o crescimento da rede para os próximos anos. Já estamos discutindo a necessidade de outras unidades como, por exemplo, na região do Jardim Santa Elisa, onde acontecerá um desenvolvimento muito grande”, informa o dirigente regional de ensino, Valdir Paixão.

{n}Mais escolas {/n}

Além dessas quatro novas unidades, a atual administração municipal viabilizou a construção de uma escola de ensino fundamental I no Jardim Cambuí que se encontra em fase final de obras. A unidade contará com seis salas de aula e atenderá um total de 360 alunos, em dois períodos, absorvendo parte da demanda que hoje se concentra na EMEF Prof. Luiz Tácito Virgínio dos Santos, no Jardim Flamboyant.

Outra grande conquista foi o Colégio da Embraer, investimento de aproximadamente R$ 5 milhões cujas obras deverão ser concluídas até o final do ano. O município viabilizou a doação de uma área de 205 mil metros quadrados, localizado entre a unidade da Embraer e o Hospital Cantídio de Moura Campos (Avenida Alcides Cagliari), onde será construída a nova escola que ocupará um espaço de 15 mil metros quadrados e terá 3,6 mil metros de área construída.

A unidade de ensino médio contará com salas de aula, biblioteca e modernos laboratórios e atenderá exclusivamente alunos egressos de escolas públicas. A intenção é que o colégio possa atender, logo no próximo ano, 120 jovens podendo chegar a 360 alunos em três anos. A jornada escolar diária será de 10 horas e todos os alunos receberão, gratuitamente, alimentação no local, uniforme, transporte e material didático. O processo seletivo para admissão será realizado anualmente, a partir do terceiro trimestre de 2012, por uma instituição independente.

Da Assessoria