Prédio interditado do antigo Fórum passa por vistoria

Uma vistoria interna foi feita no antigo Fórum de Botucatu, na Praça Rui Barbosa, pela Prefeitura Municipal, através do secretário de Descentralização e Participação Popular, João Carlos Figueroa para avaliar em que condições se encontram as estruturas do prédio. Isso porque o Tribunal de Justiça (TJ) do Estado cedeu o imóvel ao Município e existe a possibilidade de que ele abrigue, futuramente, a secretaria municipal de Educação e uma Pinacoteca.

Nessa vistoria foi detectado que o prédio, interditado desde 2002 pelo então diretor forense, juiz Luiz Otávio Duarte Camacho, está numa situação preocupante com infiltrações de água em diversos pontos, telhado e piso danificado, trinca nas paredes e reboco se desprendendo. O cheiro é insuportável em razão do prédio se tornar um verdadeiro criadouro de pombos, com excrementos das aves espalhado por todos os lados, principalmente, no piso superior, onde um dia funcionou o Tribunal de Júri.

“Essa visita foi para que a gente tivesse uma idéia da situação em que o prédio se encontra. Vou elaborar um relatório e encaminhar ao prefeito (João Cury) para que ele determine a presença de um especialista em construção ao local para uma análise técnica com a finalidade de elaborar uma reforma e possibilitar que o prédio volte a ser utilizado em prol dos munícipes”, colocou Figueroa.

O próximo passo é executar uma limpeza geral, uma vez que o prédio deverá ser vistoriado pelo secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo, no próximo dia 27, e possa abrigar uma Pinacoteca. Além do secretário, deverá fazer parte da comitiva, o diretor da Estação Pinacoteca, Marcelo Araújo; a coordenadora da Unidade de Bibliotecas e Leitura (UBL), Adriana Cybele Ferrari e o diretor do Museu da Língua Portuguesa, Antonio Carlos Sartini.

Ao ser mantido no cargo pelo governador Geraldo Alckmin, o secretário mostrou-se disposto a celebrar convênios com prefeituras e investir na cultura do interior do Estado e já garantiu recursos para reforma e ampliação do Espaço Cultural “Dr. Antonio Gabriel Marão”, na Avenida Dom Lúcio.

O próximo passo é mostrar que o prédio do antigo Fórum, que passará por uma grande transformação possa fazer com que Botucatu seja o primeiro município do interior paulista a contar com uma Pinacoteca em parceria com o Estado e também ser contemplado com ampliação de acervo e inovações tecnológicas que possam tornar a Biblioteca Municipal “Emílio Peduti” uma referência.

“O secretário está bastante entusiasmado e a conversa que tivemos, recentemente, foi muito boa. Existe a chance real de Botucatu ser transformada em um pólo regional de cultura e isso poderá ser confirmado nos próximos dias, com a visita que ele fará a Botucatu e o prédio do Fórum faz parte desse contexto”, afirmou o prefeito João Cury.

Fotos: David Devidé