Pesquisa encerra comemorações do Jubileu da Medicina

Para encerrar as festividades em comemoração ao seu Jubileu de Ouro, a Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) promove, dias 8 e 9 de novembro, em seu Salão Nobre, o evento: “A Faculdade de Medicina de Botucatu e a Pesquisa nos próximos 50 anos”. Haverá palestras e debates com profissionais de diferentes instituições, além de ex-alunos que construíram carreira no exterior.

O objetivo é trocar experiências e compartilhar o conhecimento dos convidados para que a FMB se aprimore cada vez mais na busca pela internacionalização de seus pilares: ensino, pesquisa e extensão.

Fazem parte da programação palestras com a pró-reitora de Pesquisa da Unesp, professora Maria José Soares Mendes Giannini, além de representantes da Fundação de Amparo ? Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp);
Assessoria de Relações Internacionais da Unesp e Faculdade de Medicina da Universidade do Porto – Portugal. Também estarão presentes especialistas do Hospital Universitário Karolinska Solna, Estocolmo – Suécia; Universidade Paris Diderot, Paris – França e do Centro Médico da Universidade de Nebraska, Omaha – Estados Unidos.

O calendário de comemorações pelos 50 anos da FMB/Unesp teve início em fevereiro deste ano na realização do 1º Fórum de Educação em Patologia. Foram realizadas, ao longo de 2013, diversas atividades culturais, acadêmicas e científicas.

{n}Sobre a FMB{/n}

Referência brasileira e internacional em ensino, pesquisa e extensão, a Faculdade de Medicina de Botucatu oferece cursos de graduação em Medicina Humana e Enfermagem, 39 programas de residência médica, 52 de aprimoramento profissional e 9 Programas de Pós-Graduação stricto sensu. Na graduação, o curso de Medicina Humana oferece 90 vagas e, o de Enfermagem, 30. Juntos, reúnem 299 docentes e 255 servidores.

Implantada em 1963 como Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu (FCMBB) e incorporada ? Unesp em 1976, seus cursos possuem uma sólida base científica, postura ética e uma forte visão humanística e de comprometimento com a cidadania. Seu objetivo é formar profissionais com senso crítico, conscientes de seu papel na sociedade.

Os cursos de pós-graduação lato sensu compreendem as áreas de residência médica e de aprimoramento profissional. A Residência Médica conta com 337 residentes. O Programa de Aprimoramento Profissional, destinado ? formação de profissionais não-médicos, possui 101 alunos.
Da Assessoria