Patrulha da Paz pretende formar mais de 500 crianças neste ano

O programa Patrulha da Paz, da Guarda Civil Municipal (GCM) de Botucatu, realizou entre os dias 15 a 22 de fevereiro, visitas ? s dez escolas que participarão do Programa em 2011. A expectativa da GCM é que no primeiro semestre o programa forme 320 patrulheiros e no segundo, outros 231, totalizando 551 crianças atendidas.

As unidades educacionais participantes do projeto no ano de 2011 são: “Professor Francisco Guedelha”, “Raymundo Cintra”, “João Maria de Araújo Júnior”, “Professor Jonas Alves de Araújo”, “Professora Elda Moscogliato”, “Professor José Antônio Sartori”, “Professor Paulo Guimarães”, “Angelino de Oliveira”, “Raul Torres” e Obra Social Madre Marina Videmari.

De acordo com GCM Belo, o programa traz uma novidade este ano: “Fizemos um processo seletivo para divididos alunos que farão o curso no primeiro e no segundo semestre, a novidade é que todos os alunos das escolas participantes poderão se formar, lembrando que o programa é destinado apenas aos alunos dos quintos anos”, explica.

{n}Sobre o ‘Patrulha da Paz’{/n}

O Patrulha da Paz iniciou atividades em 2010 e formou pouco mais de 140 alunos três unidades educacionais: Escola da Ensino Fundamental (Emef) “Professor José Antônio Sartori”, no Jardim Eldorado; Centro de Educação Infantil (CEI) “Profº João Queiroz Marques”, no Centro; e escola municipal “Professor Raymundo Cintra”, no Distrito de Vitoriana.

No Patrulha da Paz os alunos que atuam como patrulheiros são escolhidos pelos próprios colegas de sala. Eles são responsáveis por fazer relatórios de comportamento dos demais alunos e, assim, zelar sobre o patrimônio escolar.

O projeto propicia atividades que: transmitam cultura de paz ao espaço público; mostrem a importância de boas atitudes voltadas ao bem comum; e que utilizem diferentes linguagens e brincadeiras com intuito de desenvolver atitudes voltadas ? segurança individual e coletiva.

Através do Patrulha da Paz, a Guarda Municipal ministra palestras sobre meio ambiente, trânsito seguro, combate ? s drogas, entre outros temas que aproximem as crianças e suas famílias da comunidade.

Fonte: Secretaria de Comunicação