Meio Ambiente promove mutirão de lixo eletrônico

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, lança neste sábado (5 de maio), ? s 19 horas, no Ginásio da Fatec (Faculdade de Tecnologia), a terceira edição do mutirão de lixo eletrônico. A diferença em relação aos anteriores é que o mutirão deste ano terá um prazo maior de coleta dos materiais, que seguirá até o dia 16 de maio.

A ação busca recolher diferentes tipos de equipamentos e resíduos eletroeletrônicos como celulares, computadores, monitores, televisores, impressoras, aparelhos de som, fios, cabos, entre outros itens, e dar a destinação final correta, livre de riscos ao meio ambiente. A exceção fica por conta de pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes, tubos cinescópios (CRT), óleos lubrificantes e monitores de TV com vidro quebrado.

Empresas com grande quantidade de resíduos eletroeletrônicos para descarte poderão agendar junto ? Secretaria Municipal de Meio Ambiente para que uma equipe se desloque até o local para fazer a coleta. As empresas, assistências técnicas, comerciantes e instituições que realizarem o descarte através do mutirão receberão o “Certificado de Destinação Correta” (CDC) de seu lixo eletrônico.

De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, em 2013, o mutirão recolheu em Botucatu 14 toneladas de lixo eletrônico. “Resíduos de elementos químicos como o chumbo, mercúrio, alumínio e outros metais pesados presentes na composição de materiais eletrônicos são extremamente nocivos ? saúde do ser humano. Se não tiver o destino adequado, esse lixo pode contaminar o ar, o solo e a água que estamos em contato. Por isso temos mantido a Secretaria de Meio Ambiente como ponto fixo de descarte. O mutirão vem para somar e ampliar a arrecadação por toda Cidade”, argumenta o secretário municipal de Meio Ambiente, Perseu Mariani.