Mais de 200 alunos se formam no Patrulha da Paz

A Prefeitura Municipal de Botucatu, por intermédio da Secretaria Municipal de Segurança e Guarda Civil Municipal (GCM), com apoio da Secretaria de Comunicação, realizou na tarde desta segunda-feira a formatura de 248 alunos de dez diferentes escolas da Cidade, que integraram o projeto Patrulha da Paz. Os alunos receberam seus certificados no Teatro Municipal “Camilo Fernandez Dinucci”, que contou com um grande público. Também foram entregues prêmios especiais aos alunos que mais se destacaram durante as atividades do projeto.

Desde sua implantação, o contato direto com os alunos nas escolas foi feito pelos agentes da GCM, Belo, Nóbrega, Amâncio, Da Silva e Paula, que foram homenageados pelas autoridades presentes ao evento. Compuseram a Mesa o prefeito João Cury Neto; o secretário de Segurança Pública, delegado Adjair de Campos; o comandante da Guarda Civil Municipal, Paulo Renato; o cabo Dilson representando o Corpo de Bombeiros; o presidente da Câmara Municipal, André Rogério Barbosa – Curumim e a professora Maria Conceição Bissoli Degand, da Escola do Ensino Fundamental (Emef) “Professor José Antônio Sartori”, no Jardim Eldorado.

E a professora Maria Conceição ao fazer uso da palavra lembrou que foi na (escola) Professor Sartori que o projeto teve início e gerou bons resultados em relação ? limpeza e organização da escola, além da melhora da própria disciplina dos 550 estudantes daquele estabelecimento de ensino. No total 50 alunos, entre 10 a 11 anos de idade, escolhidos pelos próprios colegas de sala, receberam coletes e passaram a atuar como patrulheiros. “É uma satisfação ver esse projeto se expandindo para outras escolas da cidade. Através dele os alunos aprendem a ser líderes, zelar pela segurança e patrimônio e isso acaba contagiando não só os demais alunos como funcionários e pais”, disse a professora.

Para Adjair de Campos o Patrulha da Paz deu muito resultado, por isso foi ampliado para diversas escolas a pedido das próprias diretoras. “É um projeto piloto que vingou e a Guarda deu o suporte para que estes alunos aprendessem a administrar da melhor forma os conflitos que são gerados dentro e fora da escola. Temos que ressaltar o trabalho sério desenvolvido pelos nossos patrulheiros que coordenam o projeto. Sem eles, nada disso seria possível. Quero aproveitar e agradecer a todos que de alguma forma nos incentivaram, ajudaram e acreditaram”, destaca Campos.

O prefeito João Cury Neto elogiou a organização e a dedicação da Guarda em um projeto que atinge diretamente as famílias. “Projetos como este, que estimulam a cidadania e o bem estar de nossas crianças e suas famílias, tem apoio incondicional da Prefeitura. Os alunos que atuam como patrulheiros transmitem cultura de paz ao espaço público; mostram a importância de boas atitudes voltadas ao bem comum; e utilizam diferentes linguagens e brincadeiras com intuito de desenvolver atitudes voltadas ? segurança individual e coletiva”, ressalta Cury.

Através do Patrulha da Paz, continua o prefeito, a Guarda Municipal ministra palestras sobre meio ambiente, trânsito seguro, combate ? s drogas, entre outros temas que aproximem as crianças e suas famílias da comunidade. “Por tudo isso, a Prefeitura Municipal de Botucatu foi e continuará sendo parceira”.

Paulo Renato disse que o projeto estimula que estas crianças vivam em harmonia com os colegas e em casa, com a família. “É papel de esses patrulheiros lembrar os pais do uso do cinto de segurança no carro, os amigos para que não joguem lixo no chão, enfim, de defender o patrimônio escolar e o meio ambiente que vivemos”, disse o comandante da Guarda. “E não podemos nos esquecer que quando o Poder Público investe nas pessoas, o retorno é certo”, emendou Curumim.

{n}Fotos: Valéria Cuter