Lodo de esgoto é tema de Seminário em Botucatu

No dia 25 de setembro, acontece na Fazenda Experimental Lageado, em Botucatu/SP, a primeira edição do Seminário de Compostagem de Lodo de Esgoto, realizado pela Sabesp, Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp e Fudação de Estudos e Pesquisa Agrícolas e Florestais (Fepaf).

O evento tem o objetivo de debater a situação do lodo de esgoto gerado pelas ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) no estado de São Paulo, e a possibilidade técnica e ambiental de transformação desse resíduo através da compostagem para posterior uso agrícola.

O Seminário terá a participação de representantes da Sabesp, geradora do lodo e interessada em dar outra destinação a esse material para evitar seu depósito em aterros sanitários; da Unesp, que reúne a competência para a adequação da técnica de compostagem para transformação do lodo em adubo orgânico e da Cetesb, órgão que desenvolve e acompanha a execução das políticas públicas ambientais e de desenvolvimento sustentável no Estado de São Paulo. “As prefeituras municipais, através de suas secretarias especificas também serão chamadas a participar devido ao compromisso com o desenvolvimento sustentável local”, afirma o professor Roberto Lyra Villas-Bôas, coordenador do evento.

O superintendente da Unidade de Negócio Médio Tietê da Sabesp, engenheiro Mário Eduardo Pardini Affonseca, ressaltou a importância do evento e da colaboração entra as instituições realizadoras. “Além de promover a troca de conhecimento, experiências e o intercâmbio entre pesquisadores e profissionais da área, o Seminário vai contribuir para o desenvolvimento de novas práticas e tecnologias em prol de saneamento ambiental e da sociedade”.

{n}Programação{/n}

A programação do Seminário será dividida em três painéis, seguidos de debates entre os presentes. No primeiro painel, o professor Villas-Bôas trata da compostagem, o processo de transformação do resíduo orgânico em fertilizante. O segundo painel tem como tema “Reúso agronômico de lodos de esgotos”, com Fernando Lourenço de Oliveira, superintendente de Gestão e Desenvolvimento Operacional de Sistemas Regionais da Sabesp.

O painel que encerra o evento será apresentado por Fernando Carvalho de Oliveira, diretor da empresa Biossolo Agricultura e Ambiente Ltda e responsável técnico pela plantas de compostagem de lodo de esgotos da ETE de Jundiaí (SP), da Citrovita Agroindustrial Ltda em Catanduva (SP) e da Sucocítrico Cutrale Ltda em Uchoa (SP). Seu tema será “Reciclagem de lodo de esgoto na agricultura: de resíduo a produto. Um breve histórico dos aspectos legais e um convite a reflexão”.

O Seminário de Compostagem de Lodo de Esgoto é voltado para pesquisadores da área de resíduos, estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais liberais e empresas prestadoras de serviço na área de compostagem, prefeituras municipais, técnicos da área ambiental e técnicos da SABESP envolvidos nas ETEs. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através da área de eventos do site www.fepaf.org.br. As vagas são limitadas.

Assessoria de Imprensa:
Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp – câmpus de Botucatu/SP
Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais – Fepaf
Fotos: Divulgação