Iniciada campanha para o fim do uso das sacolas plásticas

Fotos: Valéria Cuter

A Prefeitura de Botucatu, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, iniciou nesta quarta-feira (25) suas atividades em prol da campanha “Vamos Tirar o Planeta do Sufoco” que incentiva a substituição das sacolas descartáveis por reutilizáveis nos supermercados.

O dia de lançamento da campanha será marcado em Botucatu com dois bloqueios educativos e visitas aos estabelecimentos comerciais que assinaram no dia 12 de janeiro, na Câmara Municipal, o Termo de Cooperação que prevê a eliminação gradual do uso de sacolas plásticas descartáveis na Cidade.

Os bloqueios educativos serão realizados na Praça Coronel Moura (Paratodos), das 10h30 ? s 13 horas e no cruzamento semafórico da Avenida Camilo Mazoni com a Rua Major Matheus, das 13h30 ? s 15 horas.

Segundo Juliana De Lucca, bióloga da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, esta ação tem como objetivo divulgar a campanha e conscientizar a população. “Nos bloqueios, além da entrega de materiais informativos, também contaremos com uma novidade: a participação de grupo de artistas que realizarão intervenções circenses para chamar a atenção das pessoas em prol desta causa”, conta.

Na visão do secretário municipal de Meio Ambiente, Layre Colino Júnior, a campanha representa um benefício imensurável não apenas para as próximas gerações, mas como também para a atual, que ganhará em limpeza e bem estar.

“Se boa parte da população aderir ? campanha conseguiremos tirar de circulação quase 90 milhões de sacolas por plásticas por ano de nossa cidade que demoram mais de 100 anos para se decompor e acabam poluindo o visual de nossas ruas e parques, sem falar nos transtornos maiores que podem provocar, como possíveis alagamentos por conta de bueiros entupidos”, destaca.

{n}Problema ambiental{/n}

As sacolas de plástico constituem hoje um grande problema ambiental. Os polímeros utilizados na sua produção são derivados do petróleo. Seu uso, de forma arbitrária, constitui um verdadeiro desperdício dos recursos da natureza, embalando até mesmo o que já está embalado. A decomposição desse material nos aterros e lixões leva mais de 100 anos e contribui significativamente para aumentar o volume do lixo em 15% a 20%.

Assim, o tempo de vida útil dos aterros obrigatoriamente leva em conta esse volume. Além disso, os sacos plásticos, por serem impermeáveis, formam perigosos bolsões de gases prejudicando o processo de decomposição dos resíduos.

Calcula-se que, no mundo, são consumidos 500 bilhões de sacos plásticos por ano, ou 1,5 bilhão por dia, ou ainda 1 milhão por minuto. E no Brasil não é diferente. O nosso País produz anualmente 210 mil toneladas de filme plástico, com o qual são fabricados os saquinhos plásticos.

As estimativas revelam que os brasileiros jogam fora, todos os meses, um bilhão de sacolinhas, o que revela uma média de 66 unidades para cada consumidor por mês, ou seja, cerca de duas sacolinhas por habitante por dia. Seguindo essas estimativas, o município de Botucatu utiliza hoje cerca de 7 milhões de sacolinhas por mês, o que corresponde a 35 toneladas/mês.

Os estabelecimentos comerciais que ainda não aderiram ? campanha “Vamos Tirar o Planeta do Sufoco” podem a qualquer momento assinar o Termo de Compromisso para a substituição das sacolas descartáveis pelas reutilizáveis. Para tanto, basta entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, localizada na Rua General Telles, 1603 – Centro, ou pelo telefone 3882-1290.