Hospital das Clínicas e Faculdade de Medicina realizam I Semana de Meio Ambiente e Saúde

A ingestão diária de agrotóxicos, presente na maioria dos legumes, frutas e verduras, além de atingir diretamente a saúde dos consumidores, pode contribuir para o surgimento de algumas doenças, como o câncer.

Amostras de pimentão de todo país foram avaliadas pelo Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos de Alimentos (Para), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Após esse estudo, foi constatado que 91% dos pimentões avaliados apresentaram resultados insatisfatórios: continham resíduos de produtos não autorizados para essa cultura e também quantidades de agrotóxicos autorizados acima do limite máximo permitido.

Para esclarecer melhor esses aspectos, não só sobre Alimentação Sustentável, mas abordando também outros temas como Água, Lixo, Energia e Transporte, a Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) e o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) realizam na próxima semana a I Semana de Meio Ambiente e Saúde da FMB/HCFMB 2016.

A semana, organizada pela Comissão de Ética Ambiental da FMB e Serviço de Hospitais Verdes e Saudáveis do HCFMB, será realizada de 30 de maio a 3 de junho, e abre com o tema Alimentação Sustentável. A responsável pelo evento, Profª Drª. Karina Pavão Patrício, explica sobre tema de abertura. "Esse é um tema que eu, em especial, venho trabalhando há algum tempo. O HCFMB foi premiado pelo projeto dos Hospitais Verdes e Saudáveis, que une a produção de alimentos orgânicos e sustentabilidade. A quantidade de agrotóxicos usada no Brasil chama muito a atenção, pois o nosso país é campeão mundial no uso de agrotóxicos pelo 7º ano consecutivo", diz. 

O HCFMB conta com um projeto de cestas de alimentos orgânicos, em parceria com agricultores familiares do Chaparral, Rubião Junior, que fazem a compostagem do resíduo orgânico do refeitório do HC produzindo alimentos livres de agrotóxicos, certificados, a bom preço. Estes produtos podem ser adquiridos todas as terças-feiras na loja Mundo Verde. 

O evento tem como objetivo informar e despertar em cada cidadão a necessidade e a vontade de um uso mais consciente dos recursos, uma alimentação mais sustentável, transporte solidário, reciclagem e melhor descarte de lixo. Dra. Karina afirma que a semana permitirá que as pessoas se informem sobre temas importantes, façam escolhas saudáveis e optem por mudanças que causem impacto em nosso meio ambiente. "Queremos mobilizar servidores e estudantes com muitas informações sobre sustentabilidade. Não podemos reverter algumas ações, mas podemos ajudar a melhorar o cenário atual, priorizando sempre nossa saúde", finaliza.