GCM realiza resgate de ave da espécie urutau

Atendendo solicitação feita via 199 à guarnição formada pelos Guardas Civis Municipais Pedro e Marciolli se deslocou até a Rua Alfredo Thomaz Fazzio, no Jardim Peabiru onde segundo informações havia uma ave ferida com dificuldade em voar.

No local a guarnição capturou a ave da espécie conhecida como urutau que se encontra em vias de extinção e a conduziu ao Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas) para que recebesse os cuidados médicos necessários,

É uma ave que utiliza muito bem sua plumagem para se camuflar. Sua alimentação é constituída basicamente de insetos que apanha em pleno voo, principalmente os grandes, porém pode comer outros animais de pequeno porte, como morcegos, lagartos e pequenos pássaros.

Normalmente se passa por um pedaço de madeira, um galho de árvore ou mesmo troncos partidos ou em pé. Costuma ficar estático, não ser assustando facilmente. Alcança até 37 cm fora a cauda. Não é uma espécie acostumada ao convívio urbano.