Eventos debatem arboricultura e silvicultura urbana

As árvores presentes em vias públicas e demais áreas livres de edificação de uma cidade ou vilarejo constituem a chamada floresta urbana. Ela atua diretamente sobre o conforto humano no ambiente, proporcionando sombra para pedestres e veículos, reduzindo a poluição sonora e a amplitude térmica, além de ser responsável por considerável melhoria da qualidade do ar.

Dada a relevância do tema, o Grupo PET (Programa de Educação Tutorial) do curso de Engenharia Florestal da a Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA)da Unesp e Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf) e a Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) promovem, durante os dias 29 e 30 de outubro, a primeira edição do Simpósio de Silvicultura Urbana, na Fazenda Experimental Lageado, em Botucatu. No dia 31 de outubro, a programação é complementada com a realização do Dia de Campo da Arboricultura, também em sua primeira edição e realizado na Fazenda Lageado.

Ambos os eventos são voltados para estudantes, técnicos e pesquisadores da área que pretendem aprofundar o conhecimento sobre o tema, através de palestras ministradas por profissionais atuantes e pesquisadores de renome. Entre os temas das palestras estão a evolução das cidades e seus problemas ambientais, uso de espécies nativas regionais, técnicas de manejo, análise do risco de queda de uma árvore urbana, pragas e doenças próprias da silvicultura urbana.

As inscrições, válidas para ambos os eventos, podem ser feitas pelo site da Fepaf (www.fepaf.org.br). Os valores cobrados são R$60,00 para alunos de graduação, R$80,00 para alunos de pós-graduação e R$120,00 para profissionais. No mesmo endereço eletrônico é possível encontrar mais informações e a programação completa.

Fonte: Assessoria de imprensa
Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp – câmpus de Botucatu/SP