Estudantes são orientados sobre valorização da flora

Crianças integrantes de um projeto sócio-educativo de Botucatu participaram nesta quinta-feira, 16 de maio, de uma série de atividades para estimular a consciência sobre a flora e a preservação ambiental. Este foi o intuito do Dia Internacional do Fascínio pelas Plantas (Fascination of Plant Day). A iniciativa foi uma parceria entre o Instituto de Biociências de Botucatu/Unesp (IBB) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Durante todo o dia, cerca de 80 crianças, com idades entre 8 e 11 anos do “Unidade Sócio Educativa do Parque Imperial” visitaram o Jardim Botânico do IBB, no campus da Unesp, em Rubião Júnior. Por meio de uma trilha monitorada e de exposição fotográfica, os integrantes do projeto conheceram a biodiversidade local. Também foi promovida exposição do acervo de plantas existentes e catalogadas pelo Herbário Irina Delanova Gemtchujnicov.

Tanto as visitas temáticas pelo Jardim Botânico quanto a mostra de fotografias contaram com a monitoria de integrantes do Projeto de Extensão “Biodiversidade para Todos”, que visa a difusão do conhecimento da biodiversidade presente no Jardim Botânico a alunos do Ensino Básico das redes pública e privada.

As experiências vivenciadas pelos alunos proporcionou a conscientização da relação estreita entre o homem e flora, seja na manutenção da biodiversidade ou na produção econômica sustentável, conforme explica professora Elza Maria Guimarães Santos, do Departamento de Botânica do IBB. “Conhecer a natureza é fundamental na formação educacional. Conhecer a diversidade de espécies de plantas e o papel que cada uma exerce desperta desde já o olhar crítico destes estudantes”, enfatiza a professora.

Esta observação e conscientização sobre a natureza- em específico a flora- continua no sábado, dia 18, com uma exposição de fotografias sobre plantas e flores do Cerrado e Mata na Praça Emílio Pedutti (Praça do Bosque) das 10 ? s 16 horas.

No local, estarão expostas imagens representativas da fauna e flora do Cerrado e Mata Atlântica que integram o acervo do Jardim Botânico do IBB. Também estão previstas mostras de orquídeas, plantas medicinais, dinâmicas de sensibilização ambiental e atrações culturais. Estas atividades terão a promoção do Círculo Orquidófilo de Botucatus, Grupo Centroflora, colunista Adelina Guimarães e do Consórcio de Estudos Recuperação e Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Pardo (Cedepar).