Estrada continua sendo usada como “Lixão”

Em averiguação a denúncia feita via 199 ? guarnição formada pelos guardas municipais Odair e Edineia se deslocou até a Estrada Elias Alves, que dá acesso ao Bairro de Piapara/Bocaina, onde ocorre descarte irregular de resíduos como lixo doméstico, animais mortos, restos de construção civil, recipientes plásticos, móveis velhos, entre outros. O cenário que se apresenta é de um lixão, no entorno de uma erosão causada pelas chuvas.

Além do mau cheiro, o local está se transformando em verdadeiros criadouros de animais e insetos peçonhentos. Outro agravante é que pessoas estão remexendo o local ? procura de objetos que possam usar ou vender.

O secretário de Meio Ambiente, Perseu Mariani, está ciente desse problema e no ano passado promoveu palestras aos moradores daquela região para orientar e conscientizar sobre o tratamento do lixo. Ele enfatiza que é um caso de educação já que a grande maioria do lixo é despejada no local por moradores de outros bairros e isso se caracteriza em crime contra o Meio Ambiente.

“Estaremos encaminhando uma equipe para proceder a limpeza, mas precisamos contar com a ajuda da comunidade para que fiscalize e denuncie quando detectar que pessoas estejam depositando lixo naquele local”, orientou Mariani. “Se trabalharmos em conjunto poderemos diminuir sensivelmente esse problema, mas as denúncias têm que ser feitas”, complementou.