Encontro discute perspectivas no Ensino Básico

O anfiteatro do Instituto de Biociências de Botucatu/ Unesp (IBB) foi sede nesta sexta-feira, dia 23, de uma série de discussões sobre o aprimoramento da educação para crianças e jovens em escolas públicas. Este foi o objetivo do 3º Encontro do Núcleo de Ensino da Unesp de Botucatu. Professores das redes municipal e estadual de ensino e também alunos de graduação do IBB puderam refletir sobre a melhoria no processo educacional.

Diversos aspectos da formação pedagógica foram debatidos ao longo do encontro. O tema central desta edição foi a escola como espaço de contradições e de possibilidades, amplamente abordado durante a abertura do evento, em palestra ministrada pela professora Maria José Fernandes, da Faculdade de Ciências da Unesp, de Bauru.

Uma ampla discussão sobre a escola e as perspectivas dos educadores reuniu gestores e professores das diferentes esferas do ensino público (municipal e estadual). Durante as discussões foram abordadas deficiências e ao mesmo tempo possibilidades de melhorias no âmbito educacional. Os mais de 80 inscritos ao evento participaram também de um laboratório de aprendizagem que teve a proposta de mostrar os passos da construção de lugares, espaços e pessoas. Também ocorreu exposição dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos do IBB nas escolas de Botucatu.

Ainda durante o encontro foi realizado o lançamento do livro “Escola Pública: Palavras e Imagens” que, através da colaboração de alunos das escolas integrantes de projetos realizados pelo Núcleo de Ensino da Unesp em Botucatu, foram retratados os pontos positivos dentro do ensino público.

Foram selecionados 72 trabalhos entre desenhos e textos de 30 escolas de Botucatu, tanto do Ensino Fundamental quanto Médio. A publicação, com 120 exemplares, foi distribuída ? s escolas, alunos e participantes do evento.

“É um misto de estar e olhar junto para alguns temas que contemplam a escola como um espaço que proporcione o prazer no aprendizado”, ressaltou professora Luciana Maria Lunardi Campos, vinculada ao Departamento de Educação do IBB e uma das organizadoras do evento.

Para o diretor do Instituto de Biociências, prof. Renato Diniz, a atuação dos Núcleos de Ensino que a universidade mantém tem sido relevantes para a formação pedagógica de alunos das escolas municipais e estaduais, além da complementação no aperfeiçoamento dos estudantes universitários do curso de Ciências Biológicas, que possui a opção de licenciatura. “O encontro, em si, promove o diálogo entre a universidade e o ensino básico para que tenhamos uma base sólida da educação”, realçou o diretor do IBB.

Também presente ? abertura do evento, o dirigente regional de ensino de Botucatu, Valdir Paixão, ressaltou que o encontro é uma oportunidade para que as esferas da educação em todos os níveis (desde o ensino fundamental ao universitário) tenham diálogo mais próximo para o aprimoramento na formação e aprendizado de crianças e jovens. “Esta é uma reflexão da educação básica e sabemos da importância que a escola tem na formação do cidadão”, frisou o gestor.

O 3º Encontro do Núcleo de Ensino de Botucatu foi organizado pelo Núcleo de Ensino de Botucatu com a colaboração do Departamento de Educação do IBB e também da Pró-Reitoria de Graduação da Unesp.

{n}Aprimoramento{/n}

Os Núcleos de Ensino da Unesp têm por metas prioritárias a produção de conhecimento na área educacional e a formação inicial e continuada do educador, pautadas pela articulação entre ensino, pesquisa e extensão, e nos princípios da cidadania e da justiça social.

Entre suas atividades estão o trabalho junto aos cursos de graduação no desenvolvimento de práticas educacionais nas escolas de educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, visando o desenvolvimento de programas, cursos, oficinas pedagógicas, entre outras atividades.

O Instituto de Biociências, através de seu Departamento de Educação, é responsável pela coordenação destes núcleos no campus de Botucatu. Atualmente há treze projetos sendo desenvolvidos junto ? s escolas públicas do município.

Fonte:
Flávio Fogueral
Assessoria de Comunicação e Imprensa IBB Unesp