Deputado assina protocolo do Poupatempo Ambiental

Fotos: Valéria Cuter

Na visita que fez a Botucatu nesta sexta-fera (5) com o objetivo de inaugurar, oficialmente, a base regional da Polícia Militar Ambiental, que agrega uma região de 26 municípios e cerca de 500 mil habitantes, o secretário estadual de Meio Ambiente, deputado Bruno Covas, também assinou o protocolo de intenções para a instalação do Poupatempo Ambiental, no Parque Municipal “Joaquim Amaral Amando de Barros”, no Jardim Paraíso.

A conquista do Poupatempo Ambiental aconteceu no ano passado numa viagem que o prefeito João Cury Neto, acompanhado do então secretário municipal de Meio Ambiente, Layre Colino Júnior e o vereador Izaias Colino (PSDB), fez a São Paulo. Em audiência com Bruno Covas a comitiva formalizou o pedido de liberação de recursos para as obras de modernização do Parque.

“O objetivo é levar para um só local vários órgãos ligados ao Meio Ambiente, para agilizar os processos ligados ? área, como a Secretaria de Meio Ambiente, Cetesb, Instituto Florestal, Fundação Florestal e base da Patrulha Ambiental”, enumerou o prefeito João Cury. “Também está contido no projeto o lago artificial de três mil metros quadrados projetado para receber peixes ornamentais, concha acústica, praça poliesportiva, salão de eventos, portaria e sanitários, entre outros”, acrescentou o chefe do Executivo.

Enfatiza o atual secretário de Meio Ambiente, Perseu Mariani, que o parque com área de mata nativa preservada é de transição entre cerrado e mata atlântica, abriga diversas espécies vegetais, uma fauna rica em pássaros, além de contar com várias nascentes.

“Por isso a comunidade, futuramente, poderá resolver seus problemas na área ambiental e, ao mesmo tempo, dar um passeio muito agradável em contato com a natureza”, coloca Mariani. “A ideia é garantir o aproveitamento total da área de quase quatro alqueires do Parque Municipal para promoção de atividades de educação ambiental, esporte, lazer e cultura”, complementa.

Bruno Covas revelou que sempre teve uma relação especial com Botucatu e abraçou o projeto do Poupatempo Ambiental que será importante para atender a toda região. “O projeto é viável e desejável pelo governo do estado e poderá, futuramente, também contemplar outros municípios do nosso Estado. Com esse Poupatempo a região de Botucatu poderá agilizar e otimizar suas demandas relacionadas ao Meio Ambiente”, colocou Covas.