Cras participa de atividades de conscientização ambiental

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da região Sul de Botucatu recebeu na última segunda e terça-feira (1 e 2 de julho) diversas atividades de conscientização ambiental. Participaram das palestras os alunos que fazem parte dos grupos Pró Jovem, Ação Jovem e Viva Leite.

A iniciativa realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceira com a Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) de Botucatu dá continuidade ao ciclo de atividades de conscientização ambiental que tiveram início no Cras da região Leste do Município e serão desenvolvidas nos demais Centros de Referência da Cidade. Elas também são realizadas com apoio do Serviço Social da Indústria (Sesi) e do Instituto Floravida.

A educadora ambiental, Maria Helena Nahssen, explica que as palestras alertam os alunos sobre as doenças que podem ser causadas por diferentes vetores como ratos, baratas, escorpiões, pombos e caramujos, e como pode ser prevenido o aparecimento desses animais.

“Além disso, as atividades também mostram os impactos ambientais causados pela má gestão do lixo e como podemos tratá-lo de forma mais adequada e consciente”, comenta.

No dia 5 de agosto, o grupo do programa Renda Cidadã do Cras Sul também participará das atividades de educação ambiental, que contarão com uma degustação de receitas do programa Alimente-se bem, do Sesi, que enfatiza a importância de se utilizar diferentes partes dos alimentos e reduzir assim a quantidade de lixo e enriquecer a dieta.

“É fundamental que os trabalhos de Educação Ambiental sejam contínuos para que haja mudança de hábitos. O consumo consciente, a avaliação de nossas necessidades de consumo, a redução do desperdício são atitudes essenciais que devem ser inseridas no nosso dia-a-dia se quisermos mudar a história do nosso lixo”, salienta Maria Helena.