Botucatu promove Curso de Turismo Rural

Até o dia 10 de fevereiro estarão abertas as inscrições para o curso de Turismo Rural em Botucatu. A ação, que visa fornecer aos alunos técnicas apropriadas para que sejam desenvolvidos negócios de turismo em propriedades rurais, é promovida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com o Sindicato Rural de Botucatu e a Subsecretaria Municipal de Turismo.

O curso gratuito inclui material e alimentação. A duração será de 240 horas, divididas em dez módulos, sendo um por mês de 24 horas. Cada módulo será realizado em três dias com carga horária de oito horas diárias. O pré-requisito para participar é ter idade mínima de 18 anos, ser alfabetizado, possuir propriedade rural ou estar envolvido na área.

Durante o curso o aluno terá aulas sobre atendimento, hospedagem, gastronomia, turismo de aventura, administração e outras informações que poderão ser implantadas na propriedade rural. Os interessados em realizar suas inscrições devem procurar a Subsecretaria de Turismo (Rua General Telles, nº 1.116 – Centro) munidos de RG e CPF. As vagas são limitadas.

A assessora de Turismo, Luciana Alho, destaca que com o crescimento do Projeto Botucatu Terra da Aventura, que visa difundir a imagem da Cidade no cenário do esporte e do turismo, a realização deste curso torna-se fundamental. “Com alimentação e entretenimento, as propriedades tem se preparado para bem receber a todos que esperam conhecer a Cidade e suas belezas naturais”, ressalta.

O assessor Thiago Donini enfatiza que sendo o turismo rural grande fonte de renda no interior do estado de São Paulo para pequenos proprietários rurais, o curso será uma grande oportunidade para os moradores da cidade de Botucatu e região.

 

Idestur

Segundo dados do Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural (Idestur), a Organização Mundial do Turismo estima que o Turismo Rural, é um segmento turístico com grande potencial. Calcula-se que pelo menos 3% de todos os turistas do mundo orientam suas viagens por ele.

A mesma fonte indica que o turismo rural apresenta um crescimento anual de aproximadamente 6%, o que denota uma nova tendência global, onde o turista não mais deseja ser um mero expectador de sua viagem, mas sim, o protagonista, que efetivamente vivencia a cultura e a experiência nos novos destinos visitados.

No dia 11 de fevereiro, às 18h30, no prédio da Secretaria Municipal de Educação, (Praça Dom Luiz Maria de Santana, 176, Centro), será realizada uma reunião com as pessoas inscritas no curso. Segundo os assessores de Turismo, a presença dos candidatos é obrigatória.