Aventureiros do Túnel visitam Museu e área histórica

Atendendo solicitação do ferroviário aposentado, Antonio Carlos dos Santos o ‘Nica’ o coordenador do Núcleo do Museu do Café, José Eduardo Candeias recebeu um grupo dos “Aventureiros do Túnel” para uma visita monitorada pelo interior do museu e também ao interior de alguns prédios do conjunto arquitetônico histórico da Fazenda Lageado.  O grupo composto por, aproximadamente, 18 pessoas, se reuniu na portaria principal da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) e saíram em caminhada em direção ao museu e a área histórica.

Inicialmente o coordenador explanou sobre a importância da Fazenda Lageado para a cidade de Botucatu e para a região. Além disso, comentou também sobre o museu que completou em 2013, seus 25 anos de existência. Em seguida aconteceu a visita com explicações detalhadas de cada item do acervo e os visitantes conhecerem os terreiros de secagem do café, além dos equipamentos instalados no barracão existente no terreiro e o interior do prédio da tulha.  Nesse prédio os visitantes puderam conhecer dois equipamentos utilizados na limpeza, beneficiamento, classificação e ensaque de café.

Essa visita mostra que ao longo dos anos o museu tem recebido inúmeras pessoas provenientes de locais distantes ou as que trabalharam e moraram na Fazenda Lageado em sua época áurea de Estação Experimental de Botucatu.  “Às vezes, em função do grande número de visitantes, é impossível dedicar um tempo especial para acompanhar essas pessoas e ouvir suas histórias de vida que, normalmente, são ricas em ensinamento e dedicação”, disse Candeias.