VAS castra mais de 1,8 mil animais em três anos

A Prefeitura de Botucatu, por meio da Vigilância Ambiental em Saúde (VAS), em parceria com a Associação Protetora dos Animais (APA), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp e clínicas médicas veterinárias castrou nos últimos três anos 1.889 animais no Município. Somente neste ano, em Botucatu, foram castrados pelos médicos veterinários do Canil Municipal 401 animais: 116 cães e 285 gatos. Todas as castrações realizadas em parceria com a FMVZ são gratuitas.

A castração é uma esterilização cirúrgica de cães e gatos. Ela é realizada sob anestesia geral, de competência exclusiva do médico veterinário e tem como objetivo impedir que os animais se reproduzam sem controle.

A veterinária Selene Daniela Babboni, supervisora de saúde pública do Município, explica que no período de seis anos uma cadela e seus descendentes podem gerar 64 mil filhotes. No caso das gatas esse número é ainda maior. “Isso explica o grave problema da superpopulação desses animais, com a morte de milhares deles, pois não havendo lares suficientes para acolher a todos, vivem abandonados pelas ruas”, relata.

{n}Mitos e benefícios{/n}

A castração de animais traz inúmeros benefícios para os mesmos. No caso das fêmeas não ocorrerá mais o cio; elimina a gravidez psicológica; evita crias indesejadas; riscos de infecção, como a piometra (infecção uterina); reduz a incidência de câncer de mama, útero e órgãos genitais; além de também impedir complicações de gestação e parto.

Os machos, após passarem pela castração, procuram as fêmeas menos vezes; urinam menos pelos cantos para demarcar seu território, porém continuam guardiões de seu espaço; ficam menos agressivos na presença de outros machos, ? dominância sobre o dono e ? excitação sexual constante.

Ainda de acordo com a veterinária existem alguns mitos sobre a castração. “O que engorda o animal não é a castração e sim a diminuição de suas atividades físicas, necessitando, portanto, de mais exercícios. Existe no mercado alimento próprio para animais castrados, auxiliando, assim no controle da obesidade. E também é importante enfatizar que os animais castrados não perdem o instinto de defender seu território após esse procedimento”, informa.

Segundo Valdinei Moraes Campanucci da Silva, supervisor de serviços de saúde ambiental e animal d Botucatu, os proprietários de cães e gatos que desejarem castrar seus animais podem entrar em contato com o Canil Municipal, onde será feita uma triagem socioeconômica e, posteriormente, agendar a castração.

“Lembrando que para a recuperação do animal que se submeteu a cirurgia de castração é importante que os proprietários sigam as recomendações e cuidados do pós-operatório prescritos pelo médico veterinário”, destaca.