Vacina contra a gripe: Estado dá apenas 1/3 das vacinas necessárias para Botucatu

Sábado é o dia D de vacinação contra a gripe em todo o estado. Em Botucatu os pontos de vacinação serão montados nas Unidades Básicas de Saúde. Mas um detalhe preocupa, o fato da Secretaria de Estado ter enviado apenas 11 mil vacinas para Botucatu, ou seja, apenas 1/3 do necessário para o público alvo na cidade, população estimada entre 30 mil e 35 mil pessoas.

A imunização para H1N1 está indicada para os seguintes grupos: crianças a partir de 6 meses à menores de 5 anos; gestantes e puérperas; idosos acima de 60 anos e doentes crônicos com recomendação médica; profissionais de saúde e população indígena.

Por conta da dificuldade em se produzir vacina em larga escala, a Secretaria de Estado da Saúde sugeriu cortar da lista de prioridades idosos e pacientes crônicos. O que talvez o Estado não saiba, é que os óbitos registrados até o momento em Botucatu pertencem a esse grupo.

 

“Dissemos não. Colocamos categoricamente que vamos vacinar todos que estão no grupo prioritário. Então tive a promessa da Secretaria de Estado de que as vacinas vão chegar aos poucos. Por enquanto esse contingente é suficiente para o dia ''D'' e semana seguinte", disse Claudio Lucas Miranda, Secretário Municipal de Saúde. 

Após esse período, o número não será suficiente. "Tenho garantido hoje 11 mil. Vamos trabalhar para que o restante chegue, pois preciso de mais 20 mil doses para vacinar todo o público alvo em Botucatu. Vou aguardar, acredito que vão cumprir, mas vamos insistir", disse ao Acontece Botucatu o Secretário Municipal de Saúde. 

 

Vacinação apenas nas Unidades Básicas

O Dia "D" neste sábado será realizado das 8h00 às 17h00 em todas as Unidades Básicas de Saúde. Este ano a Secretaria Municipal de Saúde optou por não realizar a vacinação em postos volantes. Assim, pontos tradicionais como a Praça do Bosque não farão parte.

"Estaremos apenas com as Unidades Básica de Saude justamente para atender melhor o público. Com esse número reduzido de vacinas, optamos por concentrar o atendimento apenas nas Unidades para não causar tumulto em um determinado local. Teremos um grande números de pessoas, toda equipe pronta e capacitada", disse Mara Silvia Carmelo, coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica (Nuve).

 

Números atualizados da H1N1 em Botucatu

Segundo a Secretária Municipal de Saúde informou nesta terça-feira,26, os números atualizados da H1N1 em Botucatu são os seguintes:

26 casos notificados

5 confirmados

2 óbitos

11 aguardando resultado

8 descartados