Unesp vai melhorar atendimento em Centro de Saúde

A Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) está finalizando diversas contratações para melhoria das instalações do Centro de Saúde Escola (CSE) – Unidade Complementar da Unesp – da Vila dos Lavradores. As obras terão início em janeiro de 2014.

Foram contratadas empresas para implantar as coberturas de policarbonato nas entradas e acessos ao edifício para proteção de chuva; o cercamento com gradil de todo o prédio, para oferecer mais segurança e inibir eventuais práticas de vandalismo; além de adequações de áreas internas como a sala de coleta, sala de lavagem de materiais, sala de esterilização e sala de eletrocardiograma.

Também já foi contratado serviço de engenharia para a elaboração de projeto de ampliação do prédio para abrigo do novo arquivo de prontuários, com uma área aproximada de 260 m2, com sistema adequado de ventilação, respeitando as normas técnicas arquivísticas, incluindo espaços para pesquisa. Foram adquiridas prateleiras deslizantes para arquivamento dos prontuários existentes na unidade. A assistência médica feita há 30 anos naquele local resultou em 25.000 prontuários ativos até momento, o que pode significar um importante arquivo para estudos de coorte.

As prateleiras deslizantes são equipamentos modulares que apresentam maior economia de área de arquivamento em relação aos sistemas convencionais. Concentrando o arquivo em uma área reduzida, agiliza a consulta e garante a segurança do material arquivado. Além disso, os arquivos compartilham corredor único e permitem uma redução de até 70% dos espaços ocupados e aumento da capacidade de armazenamento.

Faz parte ainda dos investimentos o cabeamento da rede de lógica, para acesso ? internet, no valor de mais de R$ 82.000,00. Incluindo outras benfeitorias de menor monta, serão investidos aproximadamente R$ 500.000,00 para adequação e modernização do CSE.

Em outubro deste ano ocorreu a oficina de Planejamento Estratégico para definição das novas diretrizes para a gestão no referido centro. Estão ainda ocorrendo negociações junto ? Prefeitura de Botucatu para estabelecimento de novas parcerias visando ajustes nas responsabilidades junto ao Município.

Para a diretora da Faculdade de Medicina, professora Silvana Artioli Schellini, esses investimentos demonstram o empenho para que o CSE tenha as condições necessárias para atendimento ao público, assim como para o ensino, pesquisa e extensão. A professora reforçou ainda que o arquivo de prontuários terá tratamento especial por se tratar de rica fonte de pesquisas científicas. Há planos de catalogar e digitalizar todos os 25.000 prontuários que ficarão ? disposição dos pesquisadores, envolvendo, entre outros, estudos de acompanhamento de pacientes (estudos de coorte).

A supervisora do CSE, professora Janete Pessuto Simonetti, destaca que os investimentos feitos pela FMB atendem a antigas demandas de melhorias necessárias. “Essas ações são uma forma de elevar a qualidade dos serviços que o CSE oferece. É o fortalecimento da parceria entre o Centro de Saúde Escola e a Direção da FMB”, afirma.

Além de ser campo de ensino para a Universidade, formação e treinamento de pessoal da rede de serviços de saúde municipal e regional, o CSE ainda desenvolve e avalia novos métodos de assistência médico-sanitária ? comunidade, além de prestar assistência ? sua área de abrangência.

O Centro de Saúde Escola conta com duas unidades, uma na Vila dos Lavradores e uma na Vila Ferroviária e é parte do Sistema Único de Saúde (SUS) de Botucatu, respondendo por aproximadamente 30% da atenção básica do município em diversas modalidades de atendimento: consultas individuais, grupos terapêuticos, atividades de educação em saúde, busca ativa, vigilância em saúde, visitas domiciliares, atividades em sala de espera, aconselhamento, coleta de exames, vacinação, pequenos procedimentos cirúrgicos, procedimentos odontológicos, entre outros.