Saúde realiza mais de 350 endoscopias e reduz demanda

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Saúde, por meio de convênio firmado com o Instituto de Cirurgia e Endoscopia de Botucatu (Iceb), concluiu nesta semana um mutirão de endoscopia digestiva alta, que havia iniciado em outubro de 2011. Em quase cinco meses, foram realizados 351 exames, sempre na Unidade Básica de Saúde do Jardim Cristina, localizada na região Leste.

A ação se fazia necessária devido a grande lista de pacientes atendidos nas unidades de saúde do Município e que aguardavam o exame, alguns desde 2008. Além da definição de diagnóstico, o procedimento aponta a melhor conduta no tratamento de problemas com queixas gástricas.

“Existia uma lista de espera de pacientes aguardando este exame de aproximadamente 600 exames, desde 2008. Desse total, muitos no meio do caminho conseguiram realizar o exame de forma particular, outros deixaram de fazer e ainda 25% dos que já haviam agendado faltaram no dia da avaliação. Por isso, uma equipe de funcionários da Secretaria Municipal de Saúde teve a preocupação de ligar para todos os pacientes que estavam aguardando estes exames e saber se ainda seria necessário a realização do mesmo”, conta Oscar Hoeppner, coordenador da Unidade de Avaliação e Controle da Secretaria de Saúde.

Durante o mutirão também foram realizadas 298 biópsias de estômago realizadas no laboratório de anatomia patológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB). Na oportunidade foram diagnosticados cinco casos graves de neoplasia de estômago, e os pacientes encaminhados imediatamente ao HC da Unesp.

Apesar de finalizado este mutirão, não está descartada a possibilidade deste convênio com a Iceb ser mantida pela Secretaria de Saúde. A intenção é realizar 16 exames semanais, evitando, assim, um acúmulo de endoscopias. “Em breve este contrato poderá ser firmado, pois foi sugerido que alguns pacientes repitam o exame, para verificação da melhora do paciente”, comenta Hoeppner.