Reabilitação do HCFMB atua no tratamento de pessoas com deficiência

 

Seção Técnica de Reabilitação do HCFMB (Núcleo de Comunicação HCFMB)
Seção Técnica de Reabilitação do HCFMB
(Núcleo de Comunicação HCFMB)

Os Jogos Paralímpicos de 2016 serão no Brasil. De 7 a 18 de setembro, atletas do mundo todo estarão desafiando seus limites nos jogos.

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) atua no atendimento a pacientes com algum tipo de deficiência na Seção Técnica de Reabilitação. O prédio abrange uma área de 600m2, com 17 salas para atendimentos ambulatoriais.

A supervisora da Seção Técnica de Reabilitação do HCFMB doutora Letícia Cláudia de Oliveira Antunes fala sobre o atendimento realizado. “Realizamos atendimentos ambulatoriais e internações. Na reabilitação adulto, prestamos atendimento a pacientes com deficiências neurológicas, ortopédicas, pneumológicas, ginecológicas e amputações, no ambulatório de OPME (Órtese e Prótese e meios auxiliares). Já na reabilitação infanto-juvenil, atendemos casos neurológicos, atrasos de desenvolvimento motor e diversos tipos de síndromes”, explica.

Reabilitação do HCFMB atua no tratamento de pessoas com deficiência (Núcleo de Comunicação HCFMB)
Reabilitação do HCFMB atua no tratamento de pessoas com deficiência
(Núcleo de Comunicação HCFMB)

A paciente Semiramis Aparecida Galvão, 51, caiu há alguns meses e fraturou o tornozelo. A lesão a impediu de andar normalmente. “O atendimento da Reabilitação é maravilhoso. Na terceira sessão eu já voltei a andar. Minha recuperação está sendo excelente, e os fisioterapeutas daqui são muito capacitados, e cuidam de nós com muita atenção”, diz.

A Seção Técnica de Reabilitação atende pacientes incapacitados por sequelas em diversas áreas de reabilitação física. Atualmente, realiza cerca de 10 mil atendimentos por mês. “O tratamento desses pacientes é feito com muito carinho através de avaliações, planos terapêuticos e intervenções especializadas na área de reabilitação funcional e ortopédica”, diz doutora Letícia.

Para doutora Letícia, os Jogos Paralímpicos são um incentivo aos pacientes tratados na Reabilitação do HCFMB. “Os nossos pacientes inspiram-se nas Paralimpíadas. Assistindo aos jogos e vendo pessoas como eles superando seus limites, acreditam no seu potencial, que eles podem ir muito longe, dentro de suas limitações. Nosso trabalho na Reabilitação é ajudá-los a alcançar seus objetivos, superando suas expectativas”, finaliza.

Equipe da Reabilitação do HCFMB (Núcleo de Comunicação HCFMB)
Equipe da Reabilitação do HCFMB
(Núcleo de Comunicação HCFMB)

Vivian Abilio – Assessoria de Imprensa do HCFMB via 4toques Comunicação