PS Municipal deverá entrar em funcionamento em abril

O secretário municipal de Saúde, Antônio Luiz Caldas Júnior, anunciou esta semana que o Pronto Socorro (PS) do Hospital Municipal, construído na Vila Assunção, deverá entrar em operação no mês de abril, fazendo parte das festividades de aniversário da emancipação político-administrativa do Município.

O prédio foi construído na gestão anterior, mas constatou-se problemas estruturais, sendo necessário que a empreiteira responsável pela obra fizesse os reparos necessários. O grande entrave seria buscar verbas no orçamento para manter o PS em operacionalidade.

Na visita do governador do Estado, Geraldo Alckmin, na segunda quinzena de janeiro deste ano, para fazer a inauguração do Poupatempo, ele anunciou a parceria com o Município para equipar e dividir a responsabilidade pelo custeio – estimado em cerca de R$ 480 mil/mês – do novo Pronto Socorro Municipal.

Foi esse um passo decisivo para que a Prefeitura possa colocar a unidade em funcionamento. “O fato de o governador ter assinado o decreto que vincula oficialmente o Hospital das Clínicas ? Secretaria de Estado da Saúde também é muito importante porque nos ajuda a avançar nas negociações para definir como será a gestão da unidade. Vamos inaugurar o PS com a qualidade de atendimento que a população merece”, comemora do prefeito.

{n}Clínica para dependentes{/n}

Além da parceria para a operacionalidade do PS, o governador também confirmou que Botucatu será contemplada com uma clínica para tratamento de dependentes químicos. O investimento será da ordem de R$ 12 milhões e as instalações serão construídas junto ao Hospital Cantídio de Moura Campos, onde também está sendo construído o Hospital Estadual.

“Há uma dificuldade de vagas no Estado para atender os dependentes de álcool e drogas. Para o traficante é preciso cadeia e para o usuário tratamento. Trata-se de uma doença como apendicite, como pneumonia.
Precisamos dar a mão, principalmente para o jovem para recuperá-lo e dar apoio ? s famílias”, ressaltou o governador, na ocasião de sua visita.

O governador surpreendeu ao anunciar que ao invés de 30 leitos, como se previa no início, a clínica colocará ? disposição dos usuários 75 vagas. “Desta forma reforçamos ainda mais o caráter regional do atendimento. É mais uma grande conquista que comemoramos na área de saúde”, afirma o prefeito João Cury.