Inaugurada a Brinquedoteca do PS Pediátrico

 

Foi realizada na manhã desta segunda-feira (26), a inauguração de uma Brinquedoteca montada no Pronto-Socorro Pediátrico “Prof. Dr. Antonio de Pádua Campana” – que funciona nas dependências do Hospital do Bairro, em Botucatu. O Serviço, especializado no pronto atendimento de urgência e emergência infantil, é administrado pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB).

Participaram da cerimônia diversas autoridades, entre elas o superintendente do HCFMB, Emílio Carlos Curcelli; prefeito e o vice-prefeito de Botucatu, João Cury Neto e Antônio Luiz Caldas Júnior, respectivamente; além do presidente da Câmara Municipal, vereador André Rogério Barbosa (Curumim). Durante o evento houve distribuição de pipoca, algodão doce e palhaços fizeram a diversão das crianças que aguardavam atendimento no PS Pediátrico.

No contexto hospitalar, o brincar pode ser usado como uma ferramenta terapêutica, proporcionando à criança um espaço lúdico para minimizar seu sofrimento e sua ansiedade na espera do atendimento médico. Nesse sentido, o superintendente do HCFMB, Emílio Carlos Curcelli afirmou que a Brinquedoteca será mais que apenas um espaço de brincadeiras, pois também oferecerá um apoio à assistência.

“Ter um local adequado para brincar fará com que as crianças esqueçam um pouco das angústias naturais daqueles que aguardam atendimento em um ambiente hospitalar”, observou Curcelli, que fez questão de apresentar aos presentes cada membro da equipe que foi responsável pela implantação da Brinquedoteca.

O presidente da Câmara de Botucatu, vereador Curumim, ressaltou que a parceria entre a Prefeitura e o HCFMB tem resultado em muito sucesso para o sistema público de saúde, como comprova mais essa estrutura de acolhimento às crianças do PS Pediátrico. “É uma parceria com ‘P’ maiúsculo que, mais uma vez, vai refletir e muito no atendimento de qualidade oferecido às crianças”, pontuou.

Ao fazer uso da palavra, o prefeito de Botucatu, João Cury, enfatizou que o PS Pediátrico é mais um dos serviços públicos nos quais o Poder Público busca oferecer qualidade, sempre. “A população paga seus impostos e paga muito caro por eles. Por isso, é nossa obrigação devolver esse investimento com serviços públicos de qualidade. Queremos que o atendimento no PS Pediátrico seja igual ou até melhor que aquele oferecido na rede particular. Essa brinquedoteca é mais uma prova dos nossos esforços”, salientou.

O prefeito também disse que a preocupação, quando se trata de atendimento infantil, é ainda maior, por isso o local deve ser o mais próximo possível daquilo que os pais esperam gostariam que fosse disponibilizado aos seus filhos. “Nós queremos que o PS Pediátrico seja uma extensão da casa das pessoas que nele são atendidas”, citou.

 

Tempo de espera

Por meio de recursos lúdicos, o projeto proporcionará brincadeiras e jogos para as crianças, com objetivo de valorizar o ato de brincar. O objetivo é preservar a saúde emocional da criança e do adolescente e amenizar o tempo de espera por atendimento. O projeto de recreação do Pronto-Socorro Pediátrico foi elaborado por uma equipe técnica formada por Cristiane Mello, Elaine Joaquim, Keyth Vital, Laura Vieira e Silvia Eduara Kennerly.

Inicialmente, a Brinquedoteca funcionará de segunda a sexta-feira, das 7 às 23 horas, com recreacionistas especializadas e utilização de metodologias de brinquedoterapia educativa para as crianças em atendimento e em observação no Pronto-Socorro Pediátrico.

Michele de Paula (30), na manhã desta segunda-feira, 26, aguardava sentada pelo atendimento do filho João Arthur, de 1 ano e três meses. Para ela, a brinquedoteca vai ser uma boa alternativa para oferecer um passatempo às crianças. “Geralmente, as crianças quando estão doentes ficam ainda mais impacientes. Vai ser bom ter uma distração”, avaliou. 

 

Márcio Rogério Correa (35), pai de Felipe Gabriel (3), foi conferir de perto a nova Brinquedoteca. “Vai ser bom para distrair as crianças. Já vim aqui algumas vezes e, enquanto espera, o Felipe sempre quer ficar um pouco lá fora, brincando na escada. Agora, terá o que fazer aqui dentro”, destacou. Márcio diz que, apesar de contar com convênio particular, quando seu filho precisa de pronto-atendimento sempre opta pelo PS Pediátrico. “O atendimento é melhor e mais rápido”, afirma.

 

Sobre o PS Pediátrico

O PS Pediátrico foi inaugurado em junho de 2013 na união de esforços da Prefeitura de Botucatu, Hospital das Clínicas e Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp). Hoje ele realiza, em média, 180 atendimentos/dia, considerando que em alguns períodos do ano o fluxo de pessoas aumenta devido ao surgimento de doenças sazonais. 

A prioridade para o atendimento segue o padrão Classificação de Risco de Manchester, no qual os pacientes que recebem pulseiras de cores distintas, de acordo com seu quadro: Laranja (10 min); Amarelo (60 min), Verde (2 horas) e Azul (4 horas).

 

 

Rotina diária da Brinquedoteca

 

07h00 – 10h00: Trabalhos manuais diversos

10h00 – 11h00: Contação de histórias

11h00 – 13h00: Jogos e brincadeiras dirigidas

13h00 – 16h00: Trabalhos manuais diversos

16h00 – 17h00: Contação de histórias

17h00 – 19h00: Jogos e brincadeiras dirigidas

19h00 – 21h00: Trabalhos manuais diversos

21h00 – 22h00: Contação de histórias

22h00 – 23h00: Jogos e brincadeiras dirigidas