Idoso em observação no PS Municipal de Botucatu fica ferido depois de cair da maca

 

A família do senhor Aristides Cordeiro da Silva, de 84 anos, procurou a redação do Acontece Botucatu na noite desta sexta-feira, 18, para relatar uma denúncia contra o Pronto Socorro Municipal de Botucatu, na Vila Assunção. De acordo com Adão Cordeiro da Silva, que é filho do aposentado, o pai teve um princípio de infarto na última quinta-feira, 17, na casa dele, no Parque 24 de Maio.

O SAMU foi chamado e rapidamente transportou o idoso ao PS Municipal. “Chegando lá, a equipe que recebeu o meu pai disse que não seria necessário ficar um acompanhante, já que a unidade é de emergência e não pode ficar ninguém junto. Então, nós fomos embora e no outro dia, quando fomos lá para ver como ele estava, meu pai estava com o rosto todo machucado”, disse Adão ao Acontece.

Em busca de explicações, Adão foi informado que o senhor Aristides tinha caído da maca durante um momento de descuido da equipe do PS. “Nós ficamos revoltados né?! Ele estava com o rosto sangrando e ele tem 84 anos, já é de bastante idade. Meu pai ficou lá praticamente abandonado e ninguém nos avisou”, se revoltou o filho do paciente.

“Agora à noite (de sexta-feira) minha irmã chegou lá e ainda estava sangrando e quando ela pediu para que fosse feito um curativo, a enfermeira ainda ficou brava e disse que seria a última vez que faria o curativo no meu pai”, relatou. Adão não soube entender o porquê não transferiram o pai dele para o Hospital das Clínicas.

Um neto do aposentado conseguiu registrar as fotos de como ficou o rosto do idoso (veja nos links abaixo). O Acontece Botucatu entrou em contato com o Secretário de Saúde de Botucatu e com a Assessoria de Imprensa do Hospital das Clínicas, porém, pelo adiantado da hora, não obteve resposta. A reportagem continua acompanhando o caso. 

Veja as fotos cedidas pela familia ao Acontece. (Imagens fortes)

FOTO 01

FOTO 02