Hemocentro tem estoque de sangue abaixo do recomendado

Por escassez de doadores, o Hemocentro de Botucatu, vinculado ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (HCFMB) está com seu estoque de bolsas de sangue muito abaixo do recomendado, independentemente da tipagem sanguínea.

Os tipos sanguíneos como O positivo e O negativo deveriam estar com um mínimo de 50 bolsas cada para utilização em cirurgias, mas a situação piorou em razão do feriado prolongado. O sangue O negativo é o que pode ser usado em qualquer doente, mas, ironicamente, é o que mais dificilmente é encontrado na população. Além disso, pessoas com essa tipagem só podem receber sangue com as mesmas características.

O apelo para que haja um aumento de doadores nos próximos dias está sendo feito com o objetivo de dar suporte ao estoque de todos os tipos sanguíneos do Hemocentro, que atende a 31 municípios da região de Botucatu e não está descartada a possibilidade de que cirurgias sejam canceladas.

“Embora o serviço esteja apto a receber, diariamente, 130 doadores a média de coleta está em torno de 50 bolsas (de sangue). Isso é insuficiente para atender a demanda de 60 bolsas ao dia”, ressalta Aparecida Donizete Franco, assistente social do Hemocentro de Botucatu.

A quantidade de bolsas também se torna insignificativa em períodos específicos do ano. Por isso, o Hemocentro está fazendo um apelo para estimular o hábito de ser doador. “A manutenção dos estoques de sangue está comprometida e precisamos repor o estoque”, observou Franco.

Segundo ela, outros tipos de iniciativas, como palestras educativas e captação de sangue em empresas, instituições de ensino e nas diversas cidades atendidas pelo Hemocentro de Botucatu devem ser reforçadas nesse segundo semestre. “Essas ações são ferramentas que podem ajudar na captação de sangue, mas sempre é necessário contar com a colaboração contínua da comunidade”, frisa.

Silvio Luis Neves, supervisor do Hemocentro do HC, conta que a unidade continua telefonando para os doadores e enviando cartas e torpedos pela internet pedindo colaboração, mas a participação dos voluntários tem sido baixa nas últimas semanas. “Pedimos, inclusive, aos familiares e amigos de pessoas internadas no HC que, se puderem, doem sangue e nos ajudem a melhorar o estoque. Estamos em estado de alerta”, frisa Neves.

O horário de funcionamento do Hemocentro é de segunda-feira a sexta-feira, das 8 ? s 16h30. Aos sábados, das 7 ? s 13 horas. Doadores de todas as tipagens sanguíneas são bem vindos. O telefone para mais informações é (14) 3811-6041// 3811- 6234. O serviço funciona no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp, localizado no câmpus da Unesp, em Rubião Júnior.

{n}Condições para doar:{/n}

– gozar de boa saúde;
– Você deve ter mais de 18 e menos de 60 anos;
– Seu peso deve ser superior a 50 kg;
– Se homem, deve ter doado há mais de 60 dias;
– Se mulher deve ter doado há mais de 90 dias; não estar grávida; não estar amamentando; já terem se passado pelo menos 3 meses de parto ou aborto;
– ter dormido no mínimo 6 horas na noite anterior ? doação;
– não ter ingerido álcool nas últimas 24 horas;
– não estar em jejum e ter ingerido alimentos leves e sem gordura antes da doação (ex: frutas, suco, leite desnatado, etc).