Hemocentro fecha ano com baixo estoque de sangue

O Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) fecha o ano em estado de alerta máximo em razão do número de doadores estar muito abaixo do necessário ao mesmo tempo em que o número de bolsas de sangue utilizadas aumentou consideravelmente. A maior preocupação do serviço gira em torno dos sangues do tipo O. Tanto o positivo quanto o negativo estão com seus estoques muito abaixo do ideal.

“Nosso Hemocentro fornece sangue não apenas para os pacientes do Hospital das Clínicas, mas também, para dezenas de outras cidades que, semanalmente, vêm até Botucatu para buscar sangue e com essa situação, corremos o risco de não termos sangue pra encaminhar a quem precisa em outras cidades”, explicou a assistente social da unidade, Aparecida Donizete Franco.

Mesmo funcionando durante toda a semana e até aos sábados, o número de doadores segue sendo extremamente baixo. “Abrimos normalmente todas as semanas, mas ainda assim, são pouquíssimos doadores”, contou Aparecida.

“Nós sabemos que os estoques abaixam bastante, mas a nossa necessidade também aumenta na mesma proporção. Precisamos muito da ajuda da população”, emenda a assistente social.

Aparecida Franco também revela que o Hemocentro continua telefonando para os doadores e enviando cartas pedindo colaboração, mas a participação dos voluntários tem sido baixa nas últimas semanas. “Pedimos, inclusive, aos familiares e amigos de pessoas internadas no HC que, se puderem, doem sangue e nos ajude a melhorar o estoque. Estamos em estado de alerta”. O Hemocentro funciona de segunda a sexta-feira, das 7 ? s 16h30 e aos sábados das 7 ? s 13 horas. Mais informações através dos telefones (14) 3814-8004 ou (14) 3811-6041, ramal 240.

{n}Condições para doar{/n}

– Gozar de boa saúde;
– Você deve ter mais de 16 anos e menos de 60 anos;
– Seu peso deve ser superior a 50 kg;
– Se homem, deve ter doado há mais de 60 dias;
– Se mulher deve ter doado há mais de 90 dias; não estar grávida; não estar amamentando; já terem se passado pelo menos três meses do parto ou aborto;
– Ter dormido no mínimo seis horas antes da doação;
– Não ter ingerido álcool nas últimas 24 horas;
– Não estar em jejum; ter ingerido alimentos leves e sem gordura antes da doação (ex: fruta, suco, leite desnatado).

{n}Impedimentos temporários{/n}

– Febre, sintomas de gripe ou resfriado nos últimos 14 dias;
– Uso de antibióticos nos últimos 14 dias;
– Gravidez e período de amamentação;
– Endoscopia há menos de 6 meses;
– Viagem para áreas endêmicas de malárias há menos de 12 meses;
– Comportamento de risco para adquirir doenças sexualmente transmissíveis;
– Transfusão há menos de 1 ano;
– Tatuagem há menos de 1 ano.

{n}Impedimentos permanentes{/n}

– Malárias ou doença de Chagas;
– Hepatite após os 11 anos de idade;
– Diabéticos dependentes de insulina;
– Uso de drogas ilícitas;
– Alcoolismo;
– Portadores de doenças sexualmente transmissíveis como AIDS e sífilis.