Hemocentro do HCFMB precisa, com urgência, de doadores

O Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) segue com seus estoques abaixo do necessário.

De acordo com a assistente social do Hemocentro do HCFMB, Aparecida Donizete Franco, a situação é de urgência por doadores. “Como toda quinta-feira os hospitais da região buscam sangue para suas Cidades e Distritos, praticamente acabamos com o nosso estoque, principalmente de O negativo”, explicou.

O Hemocentro do HCFMB necessita atender uma média de 50 pessoas por dia, mas há dois meses, o número não passa de 30 doadores. ““Este é um índice muito baixo e não sabemos dizer o porque deste número cair assim drasticamente”, apontou a assistente social, que completou. “Acredito que precisaremos pensar em novas estratégias para conseguir mais doadores”.

Segundo Aparecida Franco, se houver um grupo, com no mínimo 20 pessoas, interessados em doar, basta entrar em contato com o Hemocentro para agenda a doação. O Hemocentro, se for necessário, atenderá em horários alternativos. “Basta que a pessoa ligue e fale quantos doadores são, que disponibilizamos equipes para atender até a noite, se for preciso”, explica.

Para doar sangue é preciso estar com a saúde em dia e levar um documento com foto. O Hemocentro de Botucatu funciona de segunda a sexta-feira, das 7h ? s 16h30 e aos sábados das 7h ? s 13 horas. Mais informações através dos telefones (14) 3814-8004 ou (14) 3811-6041, ramal 240.

{n}Condições para doar:{/n}

– Gozar de boa saúde;
– Você deve ter mais de 18 anos e menos de 60 anos;
– Seu peso deve ser superior a 50 kg;
– Se homem, deve ter doado há mais de 60 dias;
– Se mulher deve ter doado há mais de 90 dias; não estar grávida; não estar amamentando; já terem se passado pelo menos três meses do parto ou aborto;
– Ter dormido no mínimo seis horas antes da doação;
– Não ter ingerido álcool nas últimas 24 horas;
– Não estar em jejum; ter ingerido alimentos leves e sem gordura antes da doação (ex: fruta, suco, leite desnatado).

{n}Impedimentos temporários:{/n}

– Febre, sintomas de gripe ou resfriado nos últimos 14 dias;
– Uso de antibióticos nos últimos 14 dias;
– Gravidez e período de amamentação;
– Endoscopia há menos de 6 meses;
– Viagem para áreas endêmicas de malárias há menos de 12 meses;
– Comportamento de risco para adquirir doenças sexualmente transmissíveis;
– Transfusão há menos de 1 ano;
– Tatuagem há menos de 1 ano.

{n}Impedimentos permanentes:{/n}

– Malárias ou doença de Chagas;
– Hepatite após os 11 anos de idade;
– Diabéticos dependentes de insulina;
– Uso de drogas ilícitas;
– Alcoolismo;
– Portadores de doenças sexualmente transmissíveis como AIDS e sífilis.

Outros impedimentos poderão ser identificados durante a entrevista de triagem.

Fonte: Núcleo de Comunicação do HCFMB