HC de Botucatu inaugura Serviço de Cirurgia Craniofacial

Foi lançado nesta terça-feira (4), no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (HCFMB) – autarquia da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo – o Serviço de Cirurgia Craniofacial. Será um dos únicos centros do país que realizará procedimentos de alta complexidade na correção desse tipo de anomalia em crianças e adultos.

As atividades serão coordenadas por uma equipe multiprofissional, chefiada pelo cirurgião plástico Aristides Palhares, professor da Disciplina de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB). O grupo contará com a assessoria técnica do cirurgião craniofacial Silvio Antônio Zanini – um dos maiores especialistas no assunto do Brasil.

Em uma primeira fase do projeto deverá ser realizada uma cirurgia por semana e os pacientes serão acompanhados em um ambulatório estruturado no próprio HC de Botucatu.

O hospital dispõe da estrutura necessária para a realização dos procedimentos, que incluirão, entre outras, intervenções intracranianas. Os pacientes assistidos poderão ser encaminhados por outros centros ou até mesmo pela rede básica de saúde.

Para a inauguração do serviço, foram convidadas diversas autoridades, entre elas o secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Giovanni Guido Cerri. Também estiveram presentes e ministrarão palestras os professores Ricardo P. Vaccari Mazzetti, do Hospital dos Defeitos da Face (São Paulo); Antônio Sérgio Schiefferdecke e o médico Ricardo Lopes da Cruz.

A cirurgia craniofacial é uma área desenvolvida para reposicionar e remodelar os ossos da face e crânio através de incisões dissimuladas. Deformidades severas do crânio e da face que no passado eram ou impossíveis de corrigir ou corrigidas com grande dificuldade, são hoje melhor reconstruídas utilizando novas técnicas cirúrgicas. Essas deformidades podem resultar da retirada de tumores, de defeitos congênitos, de cirurgias ou de traumatismos prévios.