Famesp inaugura núcleo para acolher pacientes com câncer de mama

A Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp) deu mais um importante passo em sua trajetória de contribuições na área social. Foi inaugurada nesta sexta-feira, 1º de março, na sede do FUSS (Fundo Social dos Servidores da Unesp), em Botucatu, o Núcleo Assistencial “Professor Pasqual Barretti”, voltada ao acolhimento de mulheres em tratamento de câncer de mama no Hospital das Clínicas (HC) de Botucatu.

Essa nova entidade, que, por homenagem dos funcionários, leva o nome do diretor-presidente da fundação, oferecerá serviços de fisioterapia, psicologia e também aulas de dança do ventre – essa última como uma forma de resgatar a auto-estima das pacientes. No mesmo local, funcionários da Unesp e da Famesp poderão usufruir dos serviços de psicologia, fonoaudiologia, odontologia e serviço social.

Durante a inauguração do núcleo assistencial estiveram presentes o prefeito de Botucatu, João Cury Neto; o vice-prefeito, Antônio Luiz Caldas Júnior; o deputado federal Milton Monti; o deputado estadual Fernando Capez; o vice-presidente da Famesp, professor Pasqual Barretti; além de vereadores e outras autoridades locais. O projeto dessa nova entidade foi idealizado por Rubens de Almeida, o Alemão, que é presidente do FUSS e diretor-administrativo das outras quatro casas de apoio mantidas pela Famesp, em parceria com o Serviço Social do Hospital das Clínicas da FMB. Vários representantes da imprensa também compareceram.

O diretor-presidente da Famesp, professor Pasqual Barretti, disse que esse novo projeto é reflexo do avanço experimentado pela fundação nos campos social e da saúde nos últimos anos. “A Famesp está fazendo valer uma de suas principais missões, que é levar a universidade, com toda sua expertise, até a sociedade”, destaca o gestor.

Barretti também lembrou que por ser beneficiada com isenções fiscais, a fundação tem a obrigação de reverter essas vantagens em serviços que atendam as necessidades da população. “Com essa nova estrutura de apoio fica claro que o FUSS tem um papel muito mais importante do que muitos imaginam. Além dos serviços que oferece aos funcionários da Unesp e Famesp, agora amplia sua atuação social”, completa.

{n}Dança do ventre{/n}

Uma das principais novidades do Núcleo Assistencial serão as aulas de dança do ventre. As mulheres em tratamento de câncer de mama, após passarem por uma avaliação na ala de fisioterapia, poderão realizar as atividades normalmente. Elas serão divididas em grupos de cinco pessoas cada. “Faremos uma avaliação fisioterapêutica para saber quais são os limites de movimentos que as alunas poderão ter, mas certamente a dança trará muitos benefícios a elas”, destacou a professora e educadora física Sonia Regina Augusto, que será auxiliada pela fisioterapeuta Samira Rozalem.

As pacientes atendidas pela entidade participarão de uma pesquisa científica, coordenada pelo médico mastologista e professor do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da FMB, José Ricardo Rodrigues. O estudo, que passará pela apreciação do Comitê de Ética da FMB, avaliará a utilização da dança do ventre como método terapêutico para resgatar a auto-estima das mulheres com câncer de mama e que precisam passar pelo procedimento de mastectomia (retirada da mama).

Também poderão participar pacientes assistidas pela Casa de Apoio Oncológica Adulto, pelo Centro de Mastologia do HCFMB e ainda da Botucam (Botucatu no combate ao câncer de mama). As aulas de dança do ventre, por meio das quais será desenvolvido o estudo, terão início com um grupo de 20 mulheres. No entanto, essa quantidade deve aumentar com o passar do tempo.

Fonte: Leandro Rocha
Assessoria de Comunicação e Imprensa