Exame de próstata mobiliza os postos de saúde

A exemplo do “Outubro Rosa”, iniciativa que marcou as ações de cuidado com a saúde da mulher, o mês de novembro é destinado para a conscientização da importância com a saúde do homem. A campanha “Novembro Azul” chama a atenção à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, além de outras doenças bastante incidentes no público masculino como hipertensão e diabetes. 

A Secretaria de Saúde de Botucatu, através das unidades de saúde, durante este mês, realizarão trabalhos em sala de espera e acolhimento, oferecendo exames de prevenção de câncer de próstata e prevenção do diabetes e hipertensão arterial, para toda população masculina acima de 40 anos. 

O primeiro passo para a identificação do câncer de próstata é realizar um exame de sangue para avaliação do Antígeno Prostático Específico (PSA), uma glicoproteína produzida pela próstata que facilita a liberação de espermatozoides na ejaculação. Caso os níveis dessa substancia estejam alterados, os pacientes serão encaminhados para agendamento no Espaço Saúde para exames de ultrassom e atendimento com urologista.

“Na maioria das vezes, o homem não vai ao médico por iniciativa própria. Em muitos casos, vai por insistência da esposa ou dos filhos. É preciso quebrar essa barreira e conscientizar o homem sobre o quanto é importante cuidar da saúde desde cedo, principalmente, em relação ao câncer de próstata que é curável, desde que seja descoberto em fase inicial”, Claudete Donini, chefe da Divisão de Educação em Saúde.

 

O que é câncer de próstata?

É o câncer que ocorre na próstata – uma pequena glândula em forma de noz que envolve a uretra masculina logo abaixo da bexiga urinária, podendo ser sentida através do exame de toque retal.  Sua principal função é armazenar e secretar um fluido claro que constitui 10% a 30% do volume do fluido seminal, que, junto com os espermatozoides, constitui o sêmen.

O câncer de próstata é um dos mais frequentes tipos de câncer masculino. Este tumor geralmente tem crescimento lento e inicialmente fica confinado a esta glândula, local onde às vezes pode não causar sintomas ou danos sérios. O câncer de próstata tem cura e esta pode ser alcançada com o devido tratamento. Há maiores chances de cura quando a doença é diagnosticada ainda no início.

 

Sobre a campanha

O câncer de próstata atinge grande parte da população masculina e, mesmo assim, ainda é um tema que enfrenta muitas barreiras. Quase 50% dos brasileiros nunca foram ao urologista e, em 2014, a projeção é de que 12 mil vão morrer da doença em função da descoberta em estágio avançado. 

Preocupado com a saúde do homem, o Instituto Lado a Lado pela Vida criou, em 2008, a campanha Um Toque, Um Drible, que tem o objetivo de promover uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao médico para a realização de exames preventivos. 

A campanha permanece ativa durante o ano todo e, em novembro de 2012, o instituto foi pioneiro ao lançar o Novembro Azul no Brasil, que se tornou referência na missão de orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde.  

O público-alvo da campanha, que é realizada durante o ano todo e tem seu ápice no mês de novembro, são homens a partir de 40 anos de idade e grupos que participam do processo de prevenção e cuidados, como familiares e parceiros.

Para quebrar esse preconceito, o objetivo é informar a população por meio de ações interativas, além de conscientizar sobre a importância da realização dos exames periódicos relacionados ao câncer de próstata, que é o segundo mais recorrente em brasileiros, perdendo apenas para o câncer de pele.

Mais informações pelo site http://www.novembroazul.com.br/.