Está aberta licitação para construir UPA 24 horas

Foto: Ilustração

 

A Prefeitura de Botucatu abriu processo licitatório, na modalidade concorrência pública, para definir a empresa que ficará responsável pelas obras de construção da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas, mais conhecida como UPA. A abertura dos envelopes com a documentação dos participantes do certame está marcada para 9 de janeiro de 2015, às 9 horas, na sala de reuniões da Copel (Comissão Permanente de Licitações). O valor estimado pela administração é de R$ 3.214.432,34. 

O prazo para conclusão da obra é de 12 meses. O projeto definido para o município, em parceria com o Ministério da Saúde, prevê a construção de uma UPA Porte 1. A unidade funcionará na região Leste. O projeto inclui áreas para Pronto Atendimento, Procedimentos, Apoio Diagnóstico e Terapêutico, Administração, Urgência, Observação, Apoio Técnico/Logístico. 

A Unidade é um dos Componentes da Rede de Atenção às Urgências. A implantação deste Programa é uma das estratégias do Ministério da Saúde para reorganizar, qualificar e fortalecer a Rede de Atenção às Urgências e Emergências no país.

O programa foi instituído em 2008 criando incentivo financeiro para melhorar a infraestrutura dos estabelecimentos de saúde que ofertam este tipo de serviço, em que os resultados esperados são: prover condições adequadas para o funcionamento das unidades, melhorando a qualidade da atenção prestada e a ampliação do acesso.

As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. As UPAs oferecem estrutura simplificada – com Raio X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação.